Técnico brusquense é sucesso comandando equipe do Catar

Carlos Eduardo Schwanke também treinou clubes de Arábia Saudita e Barém

Técnico brusquense é sucesso comandando equipe do Catar

Carlos Eduardo Schwanke também treinou clubes de Arábia Saudita e Barém

Se há um nome em ascensão na história do voleibol do Oriente Médio, esse nome é Carlos Eduardo Schwanke. Nascido em Brusque, ex-atleta de Seleção Olímpica e multicampeão nas quadras brasileiras, o agora treinador está em nova empreitada: comanda o Al-Rayyan Sports Club, do Catar.

Na última sexta-feira, ele levou o clube a terceira colocação na última rodada do Campeonato dos Campeões do Golfo Pérsico (GCC). Também conquistou bronze na Copa Árabe de Clubes comandando o Al-Rayyan.

Mais estrutura
Schwanke deixou saudades no time bareinita o qual treinou, mas a melhora na qualidade do trabalho com os atletas do Catar o seduziu. Para ele, há mais chances de desenvolvimento com o elenco do novo país. “Tem muito mais estrutura, e é completo, com todo o staff. Tem preparador físico, fisioterapeuta, estatístico e um excelente complexo de treinamento”.

Outro fato que chamou sua atenção na proposta do novo clube foi o contrato de longo prazo. Para ele, a adaptação ao Catar não será difícil. “No mundo árabe é quase a mesma sistemática entre os países. Já acostumei bem com a cultura e não sinto muito a diferença. Só a questão do deslocamento que é maior, porque o Catar é um país mais extenso”, completa.

História no Oriente Médio
A carreira de Schwanke como técnico no continente asiático não começou agora. Em 2012, após uma brilhante campanha na Suíça, ele foi convidado para treinar o Al Hilal, da Arábia Saudita. Já na temporada, foi destaque no Campeonato Saudita e na Copa do Golfo.

Anos depois, em 2015, chamou a atenção do clube Dar Kulaib, do Barém. Sob seu comando, a equipe conquistou quatro títulos, sendo dois nas categorias de base e dois com o conjunto profissional. O clube bareinita jamais esquecerá a técnica aplicada pelo brusquense, responsável pelas campanhas vencedoras da Copa da Federação e da Liga, competições nunca antes vencidas pelo Dar Kulaib.

Os resultados com a equipe o credenciaram para ser convocado como técnico da Seleção de Voleibol do Barém, para disputar o Campeonato Masculino Árabe. Surpreendendo mais uma vez, Schwanke e sua seleção superaram os Emirados Árabes, a Arábia Saudita, a Palestina, a Jordânia e o Iraque, chegando na final contra o Egito. Mesmo com a derrota, foi consagrado vice-campeão.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio