Um comunicado do Serviço Nacional de Meteorologia, do governo americano, sobre a tempestade Harvey no Texas, está em teor com linguagem incomum em previsão do tempo: “Esse evento não tem precedentes e todos os impactos são desconhecidos de qualquer coisa já experimentada”, informa a nota.

Este evento devastador já acumula valores de chuva próximos a 700 mm e segue chovendo, sendo que o total nos próximos dias pode atingir 1000 mm a 1200 mm na cidade de Houston, a quarta maior do país.

De acordo com sites de notícias, essa pode ser a mais destrutiva tempestade já vista na América. Houston, que é a capital da indústria petrolífera, morada para mais de seis milhões de pessoas na sua área metropolitana, era neste domingo a zona mais afetada pelos níveis recorde de precipitação trazida pela tempestade, que está praticamente estacionada sobre o sudeste do Texas. Segundo as previsões meteorológicas, continuará a chover intensamente durante os próximos quatro a cinco dias.

(Imagens e dados extraídos junto a sites de notícias via internet, através de minhas pesquisas)

Um comunicado do Serviço Nacional de Meteorologia, do governo americano, sobre a tempestade Harvey no Texas, está em teor com linguagem incomum em previsão do tempo: “Esse evento não tem
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês