Tenente Jacson de Souza assume comando do Corpo de Bombeiros de Brusque

Capitão Hugo Manfrin Dalossi deixa a companhia após cinco anos à frente; cerimônia ocorreu nesta tarde

Tenente Jacson de Souza assume comando do Corpo de Bombeiros de Brusque

Capitão Hugo Manfrin Dalossi deixa a companhia após cinco anos à frente; cerimônia ocorreu nesta tarde

A solenidade da troca de comando da 3ª Companhia de Bombeiros Militares de Brusque aconteceu na tarde desta segunda-feira, 11. O capitão Hugo Manfrin Dalossi deixa a companhia após cinco anos à frente do batalhão, e será substituído pelo tenente Jacson Luiz de Souza.

O evento foi realizado no pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, e contou com a presença de autoridades como os prefeitos de Brusque, Guabiruba e Botuverá, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Santa Catarina, comandante da Polícia Militar de Brusque, vereadores do município e outros.

Pontualmente, a cerimônia teve início às 16h. Em seu discurso de agradecimento, o comandante Manfrin referenciou o apoio da comunidade, do poder Executivo e as boas relações com as instituições e entidades empresariais do município. O comandante foi bastante elogiado pelo coronel João Valério Borges, subcomandante-geral do CBM.

Capitão Hugo Manfrin Dalossi fez discurso de agradecimento pelos cinco anos à frente da companhia em Brusque. | Foto: Natália Huf

Transferido para Brusque em 2013, a companhia foi o primeiro comando isolado de Manfrin, que assumiu ainda como segundo-tenente. “Antes de assumir aqui, já se ouvia falar muito da qualidade dos bombeiros em Brusque, pela quantidade de equipamentos, recursos, efetivo muito profissional. Foi uma grande satisfação e uma grande experiência estar à frente dos bombeiros aqui em Brusque, justamente comprovando todas essas qualidades. É uma cidade de muita pujança, as autoridades são de fácil acesso.”

Agora, quem assume o comando da instituição é Jacson Luiz de Souza, que foi subcomandante junto a Manfrin. “Tivemos projetos juntos, como a construção do novo quartel, ampliação da rede de comunicação do CBM e também as parcerias com os poderes públicos. É um trabalho de continuidade. Pretendemos fortalecer ainda mais a prevenção contra incêndios, o trabalho de prevenção diminui riscos, tristezas, custos. Todos sabemos que a prevenção funciona muito melhor.”

O novo capitão, natural de São Valentim, no Rio Grande do Sul afirma que já pretendia retornar a Brusque, onde chegou em 1993 como policial militar. “É uma terra que adotei e mora no meu coração”, diz.

A cerimônia encerrou com o “banho de batismo”: o comandante que deixa a companhia e o que assume são encharcados pela mangueira d’água do caminhão, tradicional em formaturas e trocas de comando.

“Batismo” é tradicional nos eventos de troca de comando dos bombeiros. | Foto: Natália Huf
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio