Tenistas prodígios de Brusque estão entre os melhores do Brasil

Geração de tenistas brusquenses já se acostuma com o pódio e é destaque em competições pelo país

Tenistas prodígios de Brusque estão entre os melhores do Brasil

Geração de tenistas brusquenses já se acostuma com o pódio e é destaque em competições pelo país

A nova geração de tenistas de Brusque já tem muita intimidade com o pódio. Com idades entre 8 e 14 anos, meninos e meninas que dedicam grande parte da sua vida para o esporte da quadra de saibro convivem com uma rotina de medalhas, troféus e destaques nos principais rankings do estado e do país.

Treinadores que preparam e acompanham os atletas acreditam que esse é um dos melhores momentos do tênis de base na cidade. “A matéria-prima é boa aqui. Temos garotos talentosos e dedicados ao esporte, que já colhem os frutos”, diz Leo Facchini, técnico do Bandeirante. “Nós trabalhamos há quatro anos com o tênis aqui e já temos resultados bastante expressivos com nossos atletas”, completa Amilton Silva, o Boca, técnico do Guarani.

Conheça os atletas que representam um seleto grupo de campeões e que incentivam mais garotos e garotas a dar início a esse esporte.


Maria Vitória fez estreia na categoria 14 Anos e obteve destaques e conquistas / Foto: Alain Rezini/Divulgação
Maria Vitória fez estreia na categoria 14 Anos e obteve destaques e conquistas / Foto: Alain Rezini/Divulgação


Nome:
Maria Vitória Becker Rodrigues
Idade: 13 anos
Conquistas no ano: Joguinhos Abertos, Máster de Classes, Copa FCT

Outra atleta que vive grande momento é Maria Vitória. Mesmo em sua primeira temporada na categoria 14 Anos, as conquistas impressionaram, sendo que ela terminou em segundo no ranking de classes e também segundo na sua categoria. Ela também dedica boa parte da sua vida aos treinos e já é uma competidora consolidada dentro do estado.

Mas tudo começou como uma brincadeira, de acordo com sua mãe, Maritsa Becker. “Ela teve início aos 9 anos, meu pai que colocou ela na modalidade. Ela fazia aulas duas vezes na semana, e quando completou 11 anos ela decidiu que queria competir. Eu fiquei sem entender, mas falei que se era o que ela queria nós iríamos ajudar”. Segundo Maritsa, desde as primeiras competições já deu para perceber o talento da jovem tenista. “Ela tinha potencial e então investimos nisso, apostando em estaduais e competições nacionais”, diz. Hoje, Maria Vitória, que começou no Bandeirante, treina no Itamirim Clube de Campo assim como os irmãos Fuckner.


Irmãos Rodrigo e Bernardo Fuckner são unidos na luta pelo topo do pódio / Foto: Cristóvão Vieira
Irmãos Rodrigo e Bernardo Fuckner são unidos na luta pelo topo do pódio / Foto: Cristóvão Vieira

Nomes:

Rodrigo Fuckner Junior e Bernardo Fuckner
Idade: 12 e 9 anos
Conquistas no ano: Circuito Escolar e Universitário / Copa Guga, Copa Gerdau

Os irmãos Rodrigo e Bernardo Fuckner têm em comum não apenas a paixão, mas um talento natural para o tênis. Contudo, isso não basta para que a dupla siga encantando e trazendo títulos para Brusque. Os treinos são intensos no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí e, como revela a própria mãe dos garotos, Simone Fuckner, eles são ‘fominhas’ de quadra. “Agora, no período em que deveriam estar de férias, eles vão fazer uma pré-temporada bastante puxada com treinos técnicos e também exercícios físicos. Isso partiu deles, por nós eles descansariam, mas a vontade de estar em quadra fala mais alto”, completa.

A temporada não foi das melhores para Rodrigo, que sofreu com seguidas lesões, mas isso não o impediu de conquistar títulos importantes. Já Bernardo viveu um ano dos sonhos: conquistou tudo o que jogou. Se ele entrava em quadra, era certeza de troféu nas mãos. Para o próximo ano, Rodrigo busca a volta por cima no seu segundo ano na 14 anos, enquanto Bernardo enfrenta um desafio maior, que será a categoria 10 anos.


Primeiro no ranking da sua categoria no estado, Mateus Buemo vislumbra mais participações em nacionais / Foto: Sidney Silva/Esporte SC
Primeiro no ranking da sua categoria no estado, Mateus Buemo vislumbra mais participações em nacionais / Foto: Sidney Silva/Esporte SC


Nome:
Mateus Buemo
Idade: 12 anos
Conquistas no ano: Campeão Catarinense, líder do ranking 12 anos

Em clara ascensão, Mateus Buemo é o atleta a ser batido em sua categoria. Atual líder do ranking estadual, ele também lidera na dupla da 12 anos. Desde 2014, seu primeiro ano dedicado ao tênis, com apenas dez anos, os resultados foram impressionantes. Buemo é a referência dos atletas ainda mais novos do Guarani que sonham com um lugar ao sol no povoado cenário do tênis.

Para Boca, seu treinador, a próxima temporada será de investir ainda mais longe com o pequeno gigante das quadras. “Vamos buscar mais brasileiros e sul-brasileiros. A dificuldade é encontrar apoiadores para essa empreitada, já que é um custo alto, mas é um desejo que temos para que ele desponte também no território nacional”, completa.


Feito inédito para Brusque, Natália Tormena ficou em primeiro lugar em classes no ranking catarinense / Foto: Sidney Silva/Esporte SC
Feito inédito para Brusque, Natália Tormena ficou em primeiro lugar em classes no ranking catarinense / Foto: Sidney Silva/Esporte SC


Nome:
Natália Tormena
Idade: 15 anos
Conquistas no ano: Estadual Infanto de Tênis, Estadual de Classes

Natália Tormena alcançou um posto que nenhum outro tenista da cidade jamais havia conquistado: sagrou-se líder no geral feminino de Classes, com apenas 15 anos, disputando com atletas de todas as idades. Ela ainda terminou como primeira no ranking estadual como primeira do ranking até 16 anos feminino simples, e terceira no feminino até 16 anos duplas.

O segredo do sucesso é muita dedicação também conquistada com suor na quadra do Clube Esportivo Guarani. Boca, que também treina a atleta, não poupa elogios para o seu desempenho na temporada. “Ela ter sagrando-se líder do ranking por classes é um fato inédito para Brusque, isso seria praticamente como consagrá-la profissional do tênis. Como ela está em seu primeiro ano na 16 Anos tem chances de alçar voos ainda maiores no cenário do tênis nacional”, completa o técnico. Segundo a própria página da atleta no Facebook, ela terminou o ano com 34 jogos, 27 vitórias e 7 derrotas, teve 52 sets vencidos e foi derrotada em 14 sets, ficando com um saldo de game de 176 positivos.


Cauã é o mais novo entre os tenistas de destaque, mas já tem conquistas expressivas /  Foto: Divulgação
Cauã é o mais novo entre os tenistas de destaque, mas já tem conquistas expressivas / Foto: Divulgação

Nome: Cauã Cléo Milani Damasceno
Idade: 8 anos
Conquistas no ano: Campeão Brasileiro, Campeonato Internacional de Juvenil de Tênis

O mais novo entre as jovens promessas do tênis brusquense prova que tamanho não é documento. Pouco maior do que a própria raquete que usa, Cauã é visto pela Sociedade Esportiva Bandeirante, clube o qual treina e representa nas competições estaduais e nacionais, como um diamante a se lapidar.

Para o técnico, Cauã terá um 2017 ainda mais promissor. “Ele é destaque da nossa base neste ano, tanto ele quanto outros atletas do Bandeirante participarão de vários campeonatos que tenho certeza que terão bons resultados graças ao belo trabalho realizado”, complementa Facchini.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio