Trabalhadores da Buettner paralisam atividades

Decisão foi tomada após o descumprimento de acordo com a empresa

Trabalhadores da Buettner paralisam atividades

Decisão foi tomada após o descumprimento de acordo com a empresa

Cerca de 120 profissionais da Buettner que fazem parte do primeiro turno do setor de produção estão de braços cruzados esperando uma resposta da direção da fábrica. A paralisação, que iniciou às 5h desta terça-feira, 13 de agosto, deve continuar nos turnos da tarde e noite.

A decisão foi tomada após o descumprimento do acordo em que a empresa depositaria até segunda-feira, 12 de agosto, o valor integral do pagamento. O valor liberado foi apenas de 75%. “Não vamos voltar antes de pagar os 100%. Estamos cansado dessa situação e das promessas. Um dia prometem pagar, colam comunicados no mural, chamam um representante garantindo o pagamento no outro dizem que não conseguiram, que o valor não “caiu” na data certa no banco”, conta o operador de enroladeira Enio Carlos Haiderschaidt. “Eu gosto muito do que faço, mas o que queremos é ser respeitados e que seja cumprido o que é falado”, desabafa.  

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio