Tradicional na cidade, Volta Ciclística de Brusque reúne 120 atletas

Disputas aconteceram neste fim de semana; provas foram realizadas em 11 categorias

Tradicional na cidade, Volta Ciclística de Brusque reúne 120 atletas

Disputas aconteceram neste fim de semana; provas foram realizadas em 11 categorias

Foi realizada neste fim de semana a 10ª edição da Volta Ciclística Cidade de Brusque, que reuniu cerca de 120 atletas em 11 categorias, valendo pontuação para o ranking nacional.

O evento, já tradicional no município, reúne competidores de vários estados do Brasil e de países do Mercosul. No entanto, neste ano, conforme o técnico da Associação Brusquense de Ciclismo (Brucicle) -organizadora da volta, em parceria com a Fundação Municipal de Esportes (FME) -, Eduardo Gohr, o número de inscritos ficou abaixo do esperado.

Ele explica que o motivo principal foi a alteração da data do Campeonato Brasileiro de Ciclismo, que aconteceria em maio em Maringá (PR) e foi transferido para este mês. O início é na quarta-feira, 23.

“A maioria das equipes que viriam para Brusque não vieram por isso, pois pesa a situação econômica”, justifica Gohr. Os uruguaios, que também haviam confirmado presença, não vieram.

Mesmo com o baixo número e com a chuva do fim de semana, na visão do técnico, a competição teve resultado positivo.

“Para a cidade, para a história do ciclismo de Brusque, a volta tem uma importância muito grande no calendário estadual e nacional, não somente pela formação de atletas, mas pela organização das provas”, diz.

Durante o sábado, 19 e domingo, 20, as disputas foram realizadas em três baterias, passando por toda a extensão da avenida Beira-rio. O trajeto teve um pouco mais de cinco quilômetros e dependendo a categoria o número de voltas foi diferente. Ao fim do evento, os atletas foram premiados na praça de alimentação do pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof.

Evento de destaque
De São Bernardo do Campo (SP), pela primeira vez vieram para Brusque quatro atletas da Bicy. Eles competiram na categoria Master A – de 30 a 40 anos.

Fábio Tayrone Ferreira de Souza, 37, conta que a equipe pratica ciclismo há 25 anos e que são apaixonados. Porém, nenhum deles vive profissionalmente do esporte. “Viemos para cá por indicação, pois nos falaram muito bem de Brusque, e vimos que realmente o evento é muito bem organizado”, afirma.

Equipe da Bicy, de São Bernardo do Campo, esteve em Brusque pela primeira vez/ Daiane Benso

Marcelo Donnabella, 47, da equipe São Francisco Saúde Klabin Ribeirão Preto (SP), que lidera o ranking nacional na categoria elite, também participou da volta. Eles vieram em cinco atletas.

Donnabella enfatiza que a disputa no município vem colaborar para os treinamentos da competição nacional que disputarão nesta semana em Maringá.

Brucicle representou a cidade com cerca de 15 atletas/ Daiane Benso

Representando a cidade, cerca de 15 atletas da Brucicle participaram em seis categorias – Elite, Sub-30, Júnior, Master A, Master B e Master C. Fábio Henrique Zunino, 28, da Sub-30, destaca que é gratificante competirem na mais importante disputa de ciclismo de Brusque.

Ele conta que há atletas que treinam diariamente e outros cerca de três vezes na semana, dependendo a categoria. Zunino observa que a chuva atrapalha o evento, pois torna mais perigosa a disputa, já que a bicicleta é veloz e o pneu é liso e qualquer deslize pode derrubar o atleta.

Os resultados da Volta Ciclística podem ser conferidas no site Ciclismo SC – www.ciclismosc.com.br.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio