Transporte universitário de Brusque utilizará cartão com chip para fiscalizar usuários

Ainda não está definido o número de alunos e de linhas de ônibus que farão parte do sistema neste ano

Transporte universitário de Brusque utilizará cartão com chip para fiscalizar usuários

Ainda não está definido o número de alunos e de linhas de ônibus que farão parte do sistema neste ano

Mais de 1400 alunos são esperados para participar do novo sistema de transporte universitário de Brusque. Quatro cidades estão na rota dos ônibus: Brusque (Unifebe e Uniasselvi/Assevim), Blumenau Furb e Uniasselvi), Itajaí (Univali) e Balneário Camboriú (Univali). 

O sistema adotou mudanças em relação ao ano passado. Além da carteirinha com chip para todos os usuários, agora a sede de cadastramento está no Terminal Urbano Balthazar Bohn e não mais na Arena Brusque.

O coordenador municipal de Políticas Públicas para Juventude, Jhonny Fernando do Nascimento Rodrigues, diz que as carteirinhas com chip foram implantadas apenas no final de 2013. “No começo do ano passado ainda era carteirinha de papel. Depois começamos a entregar com PVC. Muitos alunos não têm a carteirinha com chip ainda”, afirma Rodrigues.

O novo sistema facilitará também a fiscalização dos alunos, explica o coordenador. “Antes a fiscalização era feita por amostragem, então, não acontecia todos os dias. Agora, todas as vezes que o estudante utilizar o cartão será registrado no sistema”. 

Ainda não está definido o número de alunos e de linhas de ônibus que farão parte do sistema neste ano. “No começo do semestre, normalmente, há mais usuários e depois diminui um pouco. A expectativa é de que 500 estudantes se desloquem para Blumenau, para Furb e Uniasselvi. Entre 600 e 700 para os campus da Univali em Itajaí e Balneário Camboriú e algo em torno de 250 e 300 alunos utilizando o transporte para estudar em Brusque, na Unifebe e Uniasselvi/Assevim”, conta Rodrigues.

O sistema de transporte universitário está atendendo em novo número. As informações podem ser solicitadas no 3396-6889. 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio