Três caixas eletrônicos são explodidos em Nova Trento

Agência do Banco do Brasil, localizada no Centro da cidade, ficou parcialmente destruída

Três caixas eletrônicos são explodidos em Nova Trento

Agência do Banco do Brasil, localizada no Centro da cidade, ficou parcialmente destruída

Ataques a caixas eletrônicos já somam quase 60 casos em SC – Crédito: Aline Wernke
Na madrugada de sábado, 7 de abril, por volta das 2h50, foi a vez da agência do Banco do Brasil, localizada na Rua Santo Inácio, no Centro de Nova Trento, ser destruída por causa de explosões de caixas eletrônicos,
Na ação, os “caixeiros”, como são conhecidos os bandidos que praticam este tipo de crime, danificaram três máquinas, mas os vestígios de destruição ficaram por todo o prédio do banco.

No momento da explosão, um vigia estava na agência, embora tenha reagido e até efetuado disparos contra os criminosos, ele não foi ferido. 

A gerência do banco não divulgou o valor levado pelos bandidos e até o momento ninguém foi preso.

A ação
A empresária Nilze Sgrott, 49 anos, mora praticamente ao lado da agência e disse que durante a madrugada ouviu barulhos de marretadas e resolveu ligar para a Polícia Militar. Após ligar para o 190, ela olhou pela janela e observou que um homem fortemente armado, vestido todo de preto, inclusive com a cabeça coberta, estava no portão da sua casa. 

– Apenas recuei e ouviu os estrondos. Foi tudo muito rápido, coisa de no máximo cinco minutos – conta.

Pelo o que Nilze viu, eram cerca de cinco homens e a fuga aconteceu em uma caminhonete prata.

O aposentado Janiri Piva, 63 anos, tem sua casa quase em frente ao banco e diz que foi acordado com três explosões que aconteceram seguidamente. Ao olhar também pela janela, ele afirma que viu dois bandidos, armados com armas parecidas com metralhadoras. 

– A impressão que tive é que eles estavam muito seguros do que estavam fazendo. Pois falavam alto e agiam com bastante tranqüilidade – ressalta.

Explosão esperada
O sargento da Polícia Militar, Márcio Meyer, detalha que assim que a PM foi acionada para atender a ocorrência, foi acionada toda a polícia da região para possível captura dos bandidos. 
Ele explica que o vigilante estava no banco, pois o prédio estava passando por reformas. 

– Ele até efetuou três disparos contra os bandidos. Mas os criminosos não revidaram e pediram para o vigilante se esconder. Então, para preservar a sua vida, ele se trancou no banheiro. Até porque, o poder do fogo dos criminosos era muito maior que do vigilante – esclarece.

Em agosto de 2011 houve uma tentativa de furto de caixas eletrônicos na agência do Banco do Brasil de Nova Trento, mas naquela ocasião a modalidade utilizada foram os maçaricos e os criminosos não obtiveram sucesso. 

O sargento reconhece que as explosões em Nova Trento eram esperadas, devido à seqüência de crimes que estão ocorrendo. “Todas as cidades da região haviam passado por este tipo de ação. Só faltava Nova Trento”, destaca.

Investigações
Toda a ação dos criminosos em Nova Trento foi registrada por câmeras de segurança da agência bancária. As imagens serão remetidas para a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) que irá investigar o caso.

Na manhã de sábado, peritos do Instituto Legal de Perícias (IGP) e policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), de Balneário Camboriú, estiveram em Nova Trento. Segundo o sargento Meyer, o principal objetivo era encontrar resquícios da dinamite utilizada pelos “caixeiros”. 

– Infelizmente nada foi encontrado. Mas se tivéssemos achado uma amostra, seria muito bom para as investigações, pois o Exército, através de uma numeração, tem controle sobre as cargas de dinamite – revela.

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, somando Nova Trento, desde 2011 são quase 60 ataques a caixas eletrônicos no Estado. 
Já no site da Deic consta que até o momento foram efetuadas 62 prisões e cinco bandidos já foram mortos em confrontos com a polícia. A última morte ocorreu na segunda-feira, 2 de abril, em Balneário Piçarras, onde a Deic ainda prendeu outros três suspeitos de terem explodido a agência do Bradesco em Luis Alves, na madrugada de domingo, 1 de abril. 

** Veja mais imagens na Galeria de fotos “Explosão caixas eletrônicos Nova Trento”
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio