TRESC divulga três planos de gerenciamento para as Eleições 2012

Comunicação, Recursos Humanos e de Riscos, sendo último uma das novidades para o pleito deste ano, foram divulgados no dia 15 de fevereiro

TRESC divulga três planos de gerenciamento para as Eleições 2012

Comunicação, Recursos Humanos e de Riscos, sendo último uma das novidades para o pleito deste ano, foram divulgados no dia 15 de fevereiro


> Vídeo mostra resumo da notícia e opiniões dos envolvidos

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, por meio do Grupo de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação das Eleições (GAPE), divulgou em 15 de fevereiro três planos de gerenciamento: Comunicação, Recursos Humanos e de Riscos, sendo último uma das novidades para o pleito deste ano.

 
Além desses três planos, o projeto prevê o planejamento operacional, no qual é trabalhado o tempo de cada plano e a sua área de escopo. No desenvolvimento do processo, primeiramente, todas as atividades são mapeadas, sendo estabelecidas as datas em que devem ocorrer e a unidade responsável por sua realização, para só depois serem efetivamente executadas.
 
Dentre as características do plano de comunicação, segundo o assessor de planejamento estratégico, Augusto Campos, está a repetição dos pontos positivos das últimas eleições e a contemplação da principal novidade, que é a notificação por e-mail dos usuários cadastrados, informando-os sobre as notícias publicadas no site. 
 
– Num primeiro momento, todos estarão inscritos neste procedimento, mas quem não desejar receber essas notificações poderá cancelar sua inscrição no processo, que permite essa fácilidade – avalia Campos.
 
Outra novidade para o pleito de 2012 será a realização de chats pela intranet, que serão desenvolvidos com o intuito de aproximar os cartórios eleitorais, promovendo discussões que os auxiliem em questionamentos que muitas vezes podem gerar dúvidas.
 
Segundo o coordenador do grupo, Paulo Dionísio Fernandes, “o plano de Recursos Humanos define as competências e responsabilidades do RH quanto às atividades a serem realizadas, com destaque para o mapeamento daquelas que se apresentam críticas dentro do projeto com a devida alocação de recursos necessários para formação de forças-tarefas. Compete ao plano, ainda, definir os treinamentos e as capacitações necessárias para o Projeto Eleições”.
 
Estes planejamentos podem receber sugestões de melhorias ou complementações, que são analisadas e aprovadas conforme a sua real aplicação. O procedimento é realizado de forma documental. Até o momento, aproximadamente 25 ideias já foram elaboradas, das quais 17 estão aprovadas.

– O plano de gerenciamento de riscos foi criado para aperfeiçoar o projeto, conforme a norma estabelecida pelo PMBOK (Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos), com o devido mapeamento dos riscos e eventuais ações que possam amenizá-las – diz o chefe da Seção de Planejamento e Acompanhamento, Walter Luiz Rausch.
 
O projeto para as Eleições 2012 permanece em atividade durante todo o ano, inclusive nos períodos pós-eleição, integrando-o também os processos de apuração, divulgação dos resultados e diplomação dos eleitos.

 
* Com informações da assessoria de imprensa do TRESC
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio