Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

TVs Legislativas têm pouca utilidade e gasto elevado

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

TVs Legislativas têm pouca utilidade e gasto elevado

***destaque audiencia

Raul Sartori

Insensibilidade
Com quase 14 milhões de desempregados, os parlamentares da Comissão Mista de Orçamento, presidida pelo senador Dário Berger (PMDB-SC), não tiveram nenhum constrangimento em adicionar ao projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias itens que afrontam a necessidade de austeridade. Estão lá, por exemplo, a concessão de reajuste dos auxílios alimentação e creche concedidos aos servidores dos três Poderes. Na contramão, a equipe econômica propôs o adiamento dos reajustes salariais do Executivo e a extinção de 60 mil cargos vagos para diminuir o peso da conta com pessoal.

Audiência zero
Os vários observatórios sociais em SC fazem muito bem em se posicionar, nas suas cidades, contra a instalação de TVs Legislativa ou as chamadas TV Câmara. Em todos os lugares se constata a pouca utilidade e o gasto elevado que canal do gênero representa, ao mesmo tempo que há mídias menos onerosas e com efeito muito mais efetivo, como o modelo da TV Web utilizado atualmente pelo Legislativo de Brusque.

Não pagou
Está lá, em relatório do Tribunal de Contas: o governo estadual deixou de repassar às universidades catarinenses, em bolsas de estudo, pelo chamado Artigo 170, 70% do que era obrigatório de 2011 a 2016. Foram R$ 740 milhões para cerca de 60 instituições comunitárias e privadas. O artigo 170 da Constituição Estadual obriga o governo a destinar em bolsas de ensino superior 5% do total investido em educação. É evidente que milhares de jovens deixaram de estudar por não ter bolsa. Oportunidade (e universidade) roubada.

Desempenho
A corregedoria do Conselho Nacional de Justiça quer apertar a fiscalização sobre o rendimento de juízes e desembargadores e vai abrir pelo menos 10 procedimentos para investigar casos de magistrados que apresentaram baixa produtividade neste ano. No TJ-SC, é motivo de muito comentário em rodas a notória improdutividade de alguns desembargadores e juízes. E só informalmente são cobrados para dar conta do recado.

Avanços ambientais
Em audiência pública, dia 24, o Ministério Público Federal e a Justiça Federal divulgarão em Criciúma os esperados resultados de relatório de monitoramento ambiental após ajuizamento de ação civil pública contra empresas de mineração de carvão. Serão anunciados avanços na melhora dos recursos hídricos, recomposição topográfica das áreas que outrora eram degradadas pela mineração, recuperação da flora e da fauna. Mas ainda há o que fazer. Aquela paisagem, que parecia lunar em 6 mil hectares, está desaparecendo. Mas ainda há muito a fazer.

Onde estão?
Este espaço teve contato, nos últimos dias, com a família da enxadrista blumenauense Gabriela Feller, que mobilizou-se pessoalmente, levando familiares junto, em campanha para arrecadar pouco mais de R$ 9 mil e assim financiar por sua conta a ida ao Mundial, no Uruguai, e ao Sul-Americano, no Paraguai. Saiu às ruas para vender mais de 3 mil canetas. O pai recolheu 150 mil latinas de refrigerante e cerveja. Fica a pergunta que não quer calar: onde estão os governos municipal, estadual e federal que não estão nem aí para ajudar a menina? Se está qualificada para disputar o campeonato mundial na sua categoria, ela não precisa provar seu valor.

Sucesso internacional
Catarinense de Videira, 36 anos, o designer de mobiliário Jader Almeida virou um dos maiores nomes brasileiros no exterior. Com Mia, uma cadeira que transcende o uso primário, acaba de ganhar seu terceiro prêmio no prestigiado iF Design Award, de Munique, na Alemanha, que é o mais prestigiado de design do mundo. Em seu perfil em rede social ele diz que desde 2004 desenvolve produtos exclusivos para indústrias, tendo como principal parceira a marca Sollos, de SC. Em 2013 passou a integrar a equipe de designers da marca alemã ClassiCon. Atua também em projetos de arquitetura, desenvolvidos em seu escritório em Florianópolis.

Professor indígena
Com o auxílio do MPF-SC e participação de lideranças indígenas, foi publicado no Diário Oficial do Estado edital de concurso público para os cargos de professor indígena, assistente técnico-pedagógico e assistente de educação nas escolas indígenas da rede pública estadual de ensino. Até agora os professores eram admitidos em caráter temporário (ACTs).

DETALHES

O deputado federal Mauro Mariani (PMDB-SC) tem o melhor desempenho legislativo da Câmara dos Deputados, superando os demais 512 parlamentares, e o quinto do Congresso Nacional. Os dados são do site Ranking dos Políticos.

A Sala de Atos do histórico Mercado Público, em Florianópolis, que atualmente recebe as solenidades da prefeitura, vai ser transformado em galeria de artes. Nesta terça-feira acontece a inauguração do espaço com a exposição O Canto da Terra.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio