Última inspeção do ano na UPA de Brusque tem reclamações e mudança de diretor

Juiz Edemar Leopoldo Schlosser ouviu 31 presos e visitou toda a unidade durante a manhã de segunda-feira

Última inspeção do ano na UPA de Brusque tem reclamações e mudança de diretor

Juiz Edemar Leopoldo Schlosser ouviu 31 presos e visitou toda a unidade durante a manhã de segunda-feira

As constantes ameaças de morte contra o detento da Unidade Prisional Avançada (UPA), de Brusque, Maicol Kuss de Oliveira, foram levadas ao conhecimento do juiz da Vara Criminal, Edemar Leopoldo Schlosser. 

Segundo Oliveira, que está há seis meses na unidade, as ameaças partem tanto de outros detentos como também dos próprios agentes penitenciários. – Tão me ameaçando porque quando eu tava em Canhanduba, em Itajaí, me vesti de agente -, conta. 

A denúncia aconteceu durante a última inspeção na UPA, realizada pelo juiz da comarca, na manhã desta segunda-feira, 02.

A visita teve a presença do Departamento de Administração Prisional (Deap), representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC) de Brusque, promotoria pública, conselho tutelar e secretaria municipal de saúde. 

Durante a inspeção, 31 detentos puderam tirar dúvidas e fazer reclamações diretamente ao juiz da comarca.

Além da inspeção realizada pelo juiz, o dia de ontem foi marcado também pela passagem de cargo de diretor. 

Giovane Bleichuvel assumiu a direção da Unidade Prisional Avançada após o pedido de saída de Eduane Borges Pinto. 

Bleichuvel trabalha há quatro anos no sistema prisional e veio do Presídio Regional de Tijucas. 

Eduane Pinto ficará na unidade até o dia dez de dezembro. Ele está à frente da UPA desde 14 de janeiro de 2013 e salienta que a saída não tem relação com a reivindicação dos detentos durante a greve de fome, em setembro. – Minha saída é opção pessoal -, garante.

Leia matéria na íntegra na edição impressa de terça-feira, 3 de dezembro.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio