União e Olaria são as equipes finalistas da Copa SDR

A final será realizada no dia 14 de setembro, após a realização do jogo comemorativo dos 100 anos do Carlos Renaux

União e Olaria são as equipes finalistas da Copa SDR

A final será realizada no dia 14 de setembro, após a realização do jogo comemorativo dos 100 anos do Carlos Renaux

União, de Tijucas, e Olaria, de Guabiruba, são as equipes que vão disputar o caneco da primeira Copa Integração de Futebol Amador da 16ª SDR de Brusque. Os times conquistaram a classificação após a realização dos jogos das semifinais no último sábado, 31 de agosto. O duelo final está marcado para 14 de setembro, às 18h, após o jogo de comemoração do Centenário do Carlos Renaux. 

O União bateu por 3 a 2 o Poço Fundo, de Brusque, no estádio Miguel Ezequiel de Simas, em Tijucas. Em um jogo equilibrado, a equipe da casa entrou disposta a sair com a classificação. Logo no início do jogo, o lateral-esquerdo Daniel Bertele abriu o placar. Os visitantes empataram com o centroavante Carioca. A equipe tijuquense aumentou na cobrança de pênalti, feita por Tiaguinho.

Na etapa final, Marcelo empatou para a equipe brusquense em cobrança de falta. No fim do jogo, Tiaguinho concretizou a vitória e a vaga para a final ao anotar o seu segundo gol na partida – o terceiro da equipe.

O União chegou a final de forma invicta. O superintendente adjunto da FME de Tijucas, Robson Varela, acredita que pelo histórico de confrontos entre as finalistas durante a competição – dois empates – não há favoritos para levantar a taça “em um jogo que deve ser bastante equilibrado”. 
Além da vaga na final, o União teve o centroavante Tiaguinho eleito o destaque da competição. Ele recebeu das mãos do Secretário Regional, Jones Bosio, o troféu de melhor jogador do campeonato.

Olaria na final

A outra semifinal foi realizada no estádio Aderbal Ramos da Silva, em Nova Trento. Humaitá recebeu o Olaria, que estragou a festa dos donos da casa ao vencer nas penalidades. No primeiro tempo do jogo, Humaitá saiu na frente com gol marcado por Oda. Godo fez o gol de empate. O segundo tempo foi emocionante. Olaria virou o jogo com Gustavinho. Os visitantes passaram a dominar a partida e o Humaitá não suportou a pressão. No fim, Godo foi derrubado na área. O árbitro marcou penalidade. O capitão da equipe, Guto, cobrou e empatou o jogo. Com o empate no tempo regular, a disputa pela vaga foi para os pênaltis. Olaria venceu Humaitá por 7 a 6 e chegou a final de forma invicta.

O jogador que marcou um dos gols, Godo, acredita que a equipe não conseguiu a vitória no tempo normal por falta de calma e tranquilidade nas finalizações. “Dominamos o jogo, tivemos as melhores oportunidades, mas não conseguimos sair com vantagem no tempo regular”. O jogador também afirma que o primeiro objetivo da equipe era conseguir a vaga para a competição no ano que vem – os dois finalistas estão automaticamente classificados. “Agora o foco é na final”. O diretor esportivo do Olaria, Vilmar Ebel, aposta na união e força da equipe para vencer a grande final.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio