Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA) tem primeira vistoria após divulgação da carta dos detentos reclamando do atendimento e tratamento no presídio

Centro de Direitos Humanos e OAB acompanharam a inspeção, realizada na quarta-feira, 4 de abril

Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA) tem primeira vistoria após divulgação da carta dos detentos reclamando do atendimento e tratamento no presídio

Centro de Direitos Humanos e OAB acompanharam a inspeção, realizada na quarta-feira, 4 de abril

De acordo com os presentes na visita, a inspeção foi tranquila – Crédito: Arquivo MDD

Na quarta-feira, 4 de abril, foi realizada a primeira inspeção do Poder Judiciário e Ministério Público na Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA), após a divulgação no Jornal Município Dia a Dia da carta-denúncia assinada por 56 presos, no dia 28 de março. 


Para esclarecer dúvidas sobre as condições de atendimento e tratamento no presídio, a vistoria foi acompanhada também por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Brusque e do Centro de Direitos Humanos de Brusque (CDH), que tiveram contato com os detentos e averiguaram as instalações da Unidade de perto.

– Todos os detentos que conversamos nos disseram que a situação é boa. Comparando o conteúdo da carta com o que vimos, as coisas não batem. Claro que a UPA não é um hotel, mas dentro dos padrões, é uma cadeia considerada boa – observou o advogado Guilherme Marino Schiocchet, representante da OAB na vistoria.

**Saiba mais na edição impressa do MDD desta sexta-feira, 13 de abril.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio