Unifebe lança primeiro programa de Residência Médica de Brusque

Parceria com o Hospital Albert Einstein é primeiro passo para a implantação do curso de Medicina na instituição

Unifebe lança primeiro programa de Residência Médica de Brusque

Parceria com o Hospital Albert Einstein é primeiro passo para a implantação do curso de Medicina na instituição

Na tarde desta segunda-feira, 29, o Centro Universitário de Brusque (Unifebe) oficializou sua parceria com o Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux, o Azambuja, e o Hospital Israelita Brasileiro Albert Einstein, de São Paulo, para a criação do primeiro Programa de Residência Médica de Brusque.

Como já adiantado pelo Município Dia a Dia, o programa deve iniciar suas atividades em 2018 e atenderá, inicialmente, duas especialidades: Medicina da Família e Comunidade, em parceria com a Prefeitura de Brusque; e Clínica Médica, em parceria com o Hospital Azambuja.

A implantação da residência médica é o primeiro passo para a criação dos cursos de Medicina e Enfermagem, desejo antigo da Unifebe. “Sempre tivemos o desejo de nos aprofundarmos na área de saúde, então iniciamos esse processo a um ano e meio atrás. Fomos estimulados a buscar cursos na área de saúde e começamos a pensar de forma organizada até construir essa realidade”, diz o reitor da Unifebe, professor Günther Lother Pertschy.

Ele destaca que o Centro Universitário de Brusque está fazendo o caminho inverso das demais instituições de ensino que buscam implantar cursos na área da saúde. “A maioria começa com a graduação para posteriormente ir para a residência médica. Nós estamos fazendo o inverso, para depois poder avançar em direção aos cursos”.

O administrador do Hospital Azambuja, Fabiano Amorim, afirma que a residência médica dentro da unidade hospitalar vai elevar a qualidade dos serviços. “A residência médica demanda conhecimento, avanços e aprendizado contínuo e é isso que precisamos dentro de um hospital”, diz.

O representante do Hospital Albert Einstein, José Bonamigo, afirma que a parceria com a instituição brusquense é fruto de um trabalho técnico e que dará todo o suporte para auxiliar nesta nova etapa em busca do credenciamento para o curso de residência médica.

Toda a estrutura do Hospital Azambuja já foi avaliada pela instituição paulista, que atuará na estruturação do programa dentro do hospital. Na ocasião, também foi realizada a solenidade de posse da Comissão de Residência Médica (Coreme), que será a responsável pelos procedimentos administrativos do programa e pela emissão do certificado dos médicos. Charles Machado, diretor clínico do Hospital Azambuja, assumiu a presidência da comissão.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio