Vacina contra a febre amarela está disponível em todas as UBS de Brusque

Doença é transmitida pelo mesmo mosquito da Dengue, Zica Virus e Chikungunya

Vacina contra a febre amarela está disponível em todas as UBS de Brusque

Doença é transmitida pelo mesmo mosquito da Dengue, Zica Virus e Chikungunya

Santa Catarina tornou-se área de recomendação de vacina contra a febre amarela. O alerta foi dado após a confirmação de um caso da doença no litoral do Paraná em janeiro de 2019.

A partir de agora, todas as pessoas entre de nove meses e 59 anos são obrigadas a tomar a vacina em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS). É necessário levar a carteira de vacinação.

Veja também:
Centro de Hemodinâmica do Azambuja atenderá pelo SUS, afirmam administradores

Justiça suspende liminar que obrigava prefeitura a recolher animais de Éder Leite

Obra de revitalização da praça Barão de Schneeburg começa nesta terça-feira

 

Quem já tomou a vacina (com qualquer idade) está liberado de receber uma nova dosagem, já que recentes estudos garantem que a pessoa uma vez imunizada, fica protegida contra a doença por toda vida. A exceção são para aqueles indivíduos que receberam meia dosagem. Nesses casos é necessário procurar uma Unidade de Saúde para receber as orientações.

Segundo dados do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DIVE) de Santa Catarina, 23.261 pessoas em Brusque já receberam a vacina nos últimos anos, o que representa 23,53% da população, percentual que precisa ser ampliado.

“Queremos alertar sobre a importância de prevenir-se contra a febre amarela, pois é uma doença infecciosa, febril aguda e que pode levar a morte em uma semana caso o paciente não procure atendimento médico. Porém, a melhor prevenção é a vacina, que vai garantir a imunidade do ser humano”, destaca a enfermeira Natália Cabral Marchi da Vigilância Epidemiológica de Brusque.

Sobre o mito que rodeia a sociedade envolvendo os macacos, a enfermeira orienta que o mamífero é uma espécie de sentinela que alerta o ser humano da chegada do vírus. “Os macacos auxiliam os profissionais de saúde na identificação da chegada da doença na Mata Atlântica, por isso o monitoramento desses animais é necessário para saber a proximidade da doença”, comenta. Até o momento, nenhum macaco foi encontrado morto nas matas da região de Brusque, o que tranquiliza a Vigilância Epidemiológica.

Veja também:
Moradora de São João Batista cria matriz para bordados em Braille

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Polícia recupera alimentos e eletrodomésticos furtados do Colégio Militar, em Blumenau

Vacinação

A imunização contra a febre amarela pode ser feita em qualquer unidade básica de saúde de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O cidadão deverá ter em mãos documentos e a carteira de vacinação.

Qualquer pessoa entre nove meses e 59 anos, estão aptos a serem vacinados. Gestantes, portadores de doenças crônicas e idosos acima de 60 anos, só poderão tomar a vacina mediante liberação médica. Alérgicos a ovo, também estão proibidos de se imunizar.

Para o mês de março, está sendo programado um dia D de vacinação contra a febre amarela.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio