Vacinação contra H1N1 inicia no dia 25 de abril em Brusque

Serão imunizados grupos prioritários, como: idosos acima de 60 anos, gestantes e crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos

Vacinação contra H1N1 inicia no dia 25 de abril em Brusque

Serão imunizados grupos prioritários, como: idosos acima de 60 anos, gestantes e crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos

No dia 25 de abril começa, em Brusque, a vacinação contra a Influenza. A campanha foi antecipada e o Dia D está marcado para 30 de abril, sábado, quando todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estarão abertas das 8h às 17h, sem fechar para almoço.

Serão imunizados os seguintes grupos prioritários: idosos acima de 60 anos, crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos, gestantes, povos indígenas, profissionais de saúde, população privada da liberdade e funcionários do sistema prisional; puérperas até 45 dias após o parto, além de portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras categorias de risco clínico.

A meta do município é imunizar 25.988 pessoas. O período da campanha de vacinação segue até o dia 20 de maio, porém a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Maria de Lourdes Oliveira, explica que são necessárias duas semanas para a pessoa ficar imune ao vírus.

A enfermeira lembra que a vacinação é de extrema importância, mas as pessoas devem manter hábitos saudáveis, como ter uma boa alimentação e dormir bem. “Além disso vale lembrar da etiqueta da tosse, quando tossir colocar o antebraço na frente e usar lenços descartáveis”.

Lourdes ressalta ainda que as pessoas devem lavar as mãos frequentemente e usar álcool gel quando estiver em locais públicos. “Deve-se evitar lugares com aglomeração de pessoas e estes locais, como ônibus, devem deixar as janelas abertas para o ar circular.”


Brusque registrou dois óbitos por H1N1

Até 14 de abril, Brusque registrou três casos positivos de Influenza A (H1N1), sendo que desses, duas pessoas vieram a óbito. Além disso, há dois casos confirmados de Influenza A, aguardando a confirmação do subtipo e quatro casos em investigação para confirmar se é Influenza A.

Entre os sintomas de Influenza A (H1N1), estão febre brusca, tosse seca, dificuldade respiratória, cansaço, dor de garganta e dor de cabeça. Lourdes ressalta que ao apresentar estes sintomas as pessoas devem procurar uma UBS. “O paciente já pode começar a tomar o antiviral.” O exame só é solicitado após a internação.


Grupos prioritários:

  • Idosos acima de 60 anos;
  • Crianças de seis meses a menores de 5 anos;
  • Gestantes;
  • Povos Indígenas;
  • Profissionais de saúde;
  • População privada da liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • Puérperas, até 45 dias após o parto (deverão apresentar qualquer documento que comprove a data do parto, como a certidão de nascimento, cartão de gestante ou documento do hospital;
  • – Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras categorias de risco clínico (necessária indicação médica).
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio