Rodrigo Santos

Jornalista esportivo - rodrigosantos@omunicipio.com.br

Vai ter Copinha

Rodrigo Santos

Jornalista esportivo - rodrigosantos@omunicipio.com.br

Vai ter Copinha

Vai ter Copinha **foto: conselho Reunião do conselho técnico da Copa Santa Catarina, realizada em 24 de julho na FCF, reuniu cinco clubes que participariam da competição, antes da desistência do Almirante Barroso Crédito: FCF/Divulgação

Rodrigo Santos

Os quatro clubes que restaram vão tocar a Copa SC, que valerá mesmo uma vaga na Copa do Brasil ao campeão. Nos bastidores, houve até uma estratégia desenhada para o caso do Brusque resolver desembarcar da competição para melar a Copinha: o Avaí seria convidado a participar com o seu time sub-23. No fim, o Bruscão confirmou a sua ida e tudo foi confirmado.

Até aí, tudo bem. Mas chama a atenção o “convite”, que vai entre aspas mesmo, ao campeão da Série B, que só entrará se todos os times da segundona assinarem concordando, sendo que não poderá haver repasse da vaga para o vice, com uma multa estipulada em R$ 150 mil.

Sabe aquela coisa que você bota um preço lá em cima justamente pra não vender? Isso foi o que Brusque, JEC, Inter e Tubarão fizeram. Com 90% de certeza, os clubes da segundona não aceitarão a proposta. Todos têm orçamentos contados e com jogadores encerrando contrato um dia após a final. Sem saber se serão campeões, o planejamento é bem complicado. Eu não correria risco de montar elenco para uma competição tão curta.

O Almirante Barroso soltou nota explicando os motivos da sua desistência da Copa SC. Todos são aceitáveis, mas uma coisa chama a atenção: o clube diz que o investimento é alto e uma ida para a Copa do Brasil resultaria em despesa alta, já que o time só jogará a Série B no segundo semestre. Por que não pensaram nisso antes?

De toda forma, a Copa Santa Catarina é uma competição que tem tudo para ser interessante, mas acaba esculhambada pela forma com que os dirigentes a tratam. Em São Paulo e no Rio Grande do Sul, funciona muito bem com a participação de todos os clubes, sem distinção de divisão. Aqui é uma complicação só.



Já era

O discurso oficial, claro, é outro, mas a cúpula diretiva do Corinthians já dá como certo o título do Brasileirão. E começa a se mexer para o ano que vem. Pretende, com os pés no chão, reforçar o time para 2018 e fazer bela campanha também na Libertadores. E conseguir novos apoios e parcerias comerciais com o excelente desempenho do time na atual temporada. Não é novidade de que o time não vive a melhor das fases na parte financeira, conseguiu montar um time competitivo e tem um técnico que era auxiliar, foi promovido e está aí dando banho em muito figurão reconhecido.
A comissão técnica, porém, quer pensar jogo a jogo, rodada a rodada. E acha que a equipe ainda vai tropeçar mais uma ou outra vez no campeonato. Mas os rivais também. O que deixa o Timão, disparado na liderança, muito mais tranquilo.
A emoção vai ficar para a luta contra o rebaixamento e pelas vagas na Libertadores. Tem também as finais da Copa do Brasil, onde Flamengo e Cruzeiro prometem fazer jogos duríssimos. O título brasileiro tem dono.


NOTAS

Patinação
Brusque receberá entre os dias 5 e 15 de outubro, no mesmo período da Fenarreco, o Campeonato Brasileiro de Patinação Artística, com a participação de atletas de todo o país. A expectativa do superintendente da FME, Ademir Luiz de Souza, é de uma grande movimentação. Há uma possibilidade da Arena Brusque receber, no futuro, o campeonato sul-americano da categoria.

Investimento
Semana passada, conversei por alguns minutos com o empresário Luciano Hang, das lojas Havan. Além de comemorar os resultados do retorno da marca da sua empresa na camisa da Chapecoense, principalmente no amistoso com o Barcelona, ele confidenciou que vai aumentar o apoio financeiro ao Brusque FC no ano que vem, mas com uma condição: que os outros patrocinadores também façam a sua parte e aumentem o investimento no Bruscão.

Técnico
O Brusque segue montando e discutindo em cima de uma lista com os nomes dos possíveis técnicos para 2018. Um deles era Itamar Schulle, que passou por aqui em 2011, mas acabou descartado por causa de uma proposta gigante do Novo Hamburgo. Jerson Testoni vai começar a Copa SC no comando do time até que o clube se resolva.

Basquete
Amanhã tem basquete na Arena Brusque, com o time do técnico Bicudo defendendo a liderança no campeonato estadual contra o Avaí. O jogo começa às 15h. O segundo semestre será movimentado, pois além do Catarinense, o time terá pela frente a missão de defender o título dos Jogos Abertos, em novembro.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio