Vale a pena comprar calçado em São João Batista?

Lojistas instalados às margens da rodovia SC-410 oferecem produtos batistenses aos turistas

Vale a pena comprar calçado em São João Batista?

Lojistas instalados às margens da rodovia SC-410 oferecem produtos batistenses aos turistas

Quando se fala em São João Batista, a primeira pergunta que vem em mente é: vale a pena ir ao município comprar calçado? O questionamento surge justamente pelo título recebido em 2012, de Capital Catarinense do Calçado. Atualmente, são 335 empresas fabricantes que tornam a fabricação de calçados como o propulsor da economia do município.

Para atender os turistas, algumas lojas se instalaram às margens da rodovia SC-410 ao longo dos anos e possuem horários de atendimentos diferenciados, como fins de semana e feriados.

O Pontão dos Calçados, por exemplo, é uma das lojas mais antigas, com 25 anos, e trabalha com alguns produtos fabricados na região. Entretanto, como o município é referência apenas na produção feminina, a loja busca produtos multimarcas para abranger aos diversos públicos.

Com os preços tabelados, a gerente de vendas, Raquel Dias, informa que para o lojista, não há tanta diferença de valores entre os produtos de São João Batista para os de marcas de fora. “Mas temos sim muitas marcas da cidade que prezam pela qualidade. E, para conquistar o cliente, criamos estratégias de vendas, promoções semanais e condições de pagamento facilitadas”, diz.

Ela ressalta que, para atrair os consumidores, possui parcerias com agências que fazem o roteiro turístico religioso de Santa Paulina. “Com isso, conseguimos ter movimento durante todo o ano, mas janeiro, fevereiro e julho são os melhores períodos para nós”.

Há um ano e meio, Raquel conta que a empresa abriu uma loja no outro lado da rodovia, a Feira Batistense de Calçados. Neste espaço são comercializados produtos, em sua maioria, batistenses, com preços mais baixos para abranger a todos os tipos de públicos. “É um espaço diferenciado, em que dificilmente se encontrará calçados acima de R$ 100. E nesta loja trazemos mais forte as marcas de São João Batista”.

Miriany Farias

Produção própria
Percebendo a dificuldade em responder as pessoas que questionavam se vale a pena comprar calçado em São João Batista, o empresário Ricardo de Souza fundou há oito anos a Mania de Calçados.

A empresa tem como slogan de trabalho: a loja que vende sapatos de São João Batista, principalmente porque a marca é também uma fabricante dos próprios produtos. “Hoje 80% do que comercializamos é produzido por nós mesmos. Temos hoje cinco marcas próprias e sempre buscamos inovar com produtos diferenciados”, comenta.

Souza revela que a maior preocupação da marca é manter qualidade e bom preço num mesmo produto, e trazer a moda em tempo rápido. “Com essa forma de trabalho, hoje garanto que temos uma diferença de 50% no valor dos nossos produtos em relação às outras lojas da região”, diz.

Outlet da marca
Por São João Batista ser destino de compra, a marca Raphaella Booz sentiu a necessidade de abrir uma loja referência na cidade em 2010. O intuito foi oferecer uma gama de produtos com todos os atributos e diferenciais da marca, inclusive menor preço para atender ao mercado turístico.

O ponto para construção do Outlet foi escolhido estrategicamente na rodovia SC-410 por ser uma rota importante, afim de facilitar o acesso às necessidades de compras das consumidoras.

“Comprar calçados em São João Batista vale a pena, com certeza. Pela qualidade, tendências internacionais traduzidas em designs exclusivos, variedades para todos os estilos de consumidoras, produtos em materiais de excelência com preços competitivos. Todos esses diferenciais são importantes para satisfazer o desejo de quem é apaixonada por calçados”, afirma a gestora Joice Patrícia Böes Velho.

Ela explica que por ser um outlet, a loja consegue vender produtos com preços mais baixos que as lojas de shoppings, até mesmo por serem produtos de ponta de estoque, coleções passadas, e às vezes, alguns com pequenas imperfeições, ou seja, de 2ª linha. “Temos também lançamento de modelos que foram hits em coleções passadas, que voltam com material de aproveitamento também de antigas coleções”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio