Valmir Ludvig afirma que gestão Prudêncio mantém políticas que condenava durante a gestão Eccel

Vereador afirma que o que era criticado antes agora é prática adotada pelo governo interino

Valmir Ludvig afirma que gestão Prudêncio mantém políticas que condenava durante a gestão Eccel

Vereador afirma que o que era criticado antes agora é prática adotada pelo governo interino

Retornando do recesso, o vereador Valmir Ludvig (PT) fez pronunciamento com diversas considerações sobre o governo interino. Para o parlamentar, o atual governo está repetindo ações que condenava, quando estas eram realizadas pelo governo de Paulo Eccel.

De início, ele informou estar esperando há bastante tempo a resposta a um pedido de informação formulado, e relembrou que, durante o governo do PT, oposicionistas seguidamente faziam críticas à gestão por demora nas respostas ao Legislativo. “Não tem problema, uma hora vai chegar, mas é para ver essa diferença: reclamavam tanto de demora na informação na época do sempre prefeito Paulo Eccel”, disse.

Ludvig também ressaltou que é normal que a oposição faça mais pedidos de informação do que os vereadores que estão na base do governo. Ele salientou, ainda, o fato de que o governo anterior era altamente criticado pelos gastos com publicidade, mas que o governo atual não faz diferente, em sua opinião.

“O governo interino pagou R$ 14 mil para pagar uma empresa para fazer propaganda sobre saúde. Propaganda, dizer o que está fazendo é uma coisa quer todos os governos fazem. Faziam uma barulheira e [em relação ao governo Eccel] e esse também faz”, afirmou, na tribuna.

“A nossa casa coloca na rádio que é para vir na reunião na terça-feira, está fazendo uma divulgação da nossa casa, para o povo participar. No passado, vi um líder sindical xingando porque se fazia uma propaganda do Festival de Inverno. Agora foi feito um panfleto do Festival de Inverno, igualzinho ao outro panfleto. Antes não podia, agora pode”, continuou o vereador.
Semana da bicicleta

Na sessão de ontem, foi aprovado projeto de lei, também de autoria de Ludvig, que institui a Semana Brusquense, a ser realizada anualmente de 13 a 19 de agosto. Pelo texto, a data instituída passará a constar do calendário oficial de datas e eventos do município, ficando as iniciativas para comemorar a Semana da Bicicleta abertas às instituições públicas e privadas, aos grupos de ciclistas e a qualquer cidadão, para realização de eventos comemorativos que venham a incentivar o uso das bicicletas.
Projetos encaminhados

Durante a sessão, também foram recebidos na Câmara diversos projetos de lei de autoria do Executivo, para apreciação dos vereadores. Um deles trata das diretrizes orçamentárias para o ano de 2016, além do projeto de lei que estabelece a divisão dos bairros do município. Em complemento, outros projetos estabelecem os novos limites do perímetro urbano de Brusque, e instituem e delimitam a zona de urbanização específica do Cedro Grande, espaço que, em tese fica em área rural, mas que poderá receber alguns empreendimentos destinados a áreas urbanas.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio