Vandalismo contra o patrimônio público de Brusque causa prejuízos

Apesar de sofrer com ações, prefeitura não tem um levantamento sobre as despesas causadas pelos vândalos

Vandalismo contra o patrimônio público de Brusque causa prejuízos

Apesar de sofrer com ações, prefeitura não tem um levantamento sobre as despesas causadas pelos vândalos

As mudas plantadas nas calçadas da Vila Germânica, no bairro São Pedro, foram as mais recentes vítimas da ação de vândalos em Brusque. O ato, que aconteceu em meados de janeiro, resultou em mudas com folhas quebradas e arrancadas, e acabou interferindo no projeto de arborização da cidade, já que mais de 270 mudas de diversas espécies haviam sido plantadas no local no ano passado.

De acordo com a secretária de Governo, Patrícia Pykocz Freitas, não há um levantamento sobre o prejuízo da prefeitura com a ação de vândalos contra o patrimônio público. “Hoje, não conseguimos ter dados específicos de qual o número e o montante de prejuízo da prefeitura com o vandalismo, mas sabemos que há esse prejuízo, sim”, diz.

Patrícia afirma que a principal dificuldade é fazer com que as ações de vândalos cheguem ao conhecimento da prefeitura. “O que a gente precisa, na verdade, é incentivar que as denúncias cheguem até nós porque tem situações que não temos como tomar uma ação imediata por desconhecer o ato no momento em que aconteceu o vandalismo”.

Como denunciar

Quem presenciar atos de vandalismo contra o patrimônio público pode entrar em contato com a ouvidoria da prefeitura de Brusque para denunciar pelo telefone 156. “O mecanismo que temos de denúncia é a nossa ouvidoria, que é o meio de comunicação mais fácil para esse tipo de denúncia, já que muitas vezes as pessoas não querem se identificar. Fazemos esse apelo à população para que entre em contato com a gente para que possamos identificar os casos logo que acontecem”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio