Vasco começa luta pelo bi da Libertadores após 20 anos do título

Seis anos depois, cruzmaltino retorna à competição; segunda fase estreia esta noite para brasileiros

Vasco começa luta pelo bi da Libertadores após 20 anos do título

Seis anos depois, cruzmaltino retorna à competição; segunda fase estreia esta noite para brasileiros

A luta pelo bicampeonato da Copa Libertadores da América começa na noite desta quarta-feira, 31, para o Vasco. O clube que faturou a taça em 1998 tenta, exatos 20 anos depois, voltar a erguer a taça. Porém, como está ainda na segunda fase, duas etapas antes da fase de grupos, a missão é longa. A partida desta noite, 31, será contra o Universidad de Concepción (CHI).

A primeira partida será em território chileno, no estádio Concepción, a partir das 21h45. Como a etapa é mata-mata, tudo será decidido em São Januário, no jogo de volta, dia 7 de fevereiro.

Superando limites
Ainda vivendo conturbações políticas internas, o Vasco tenta superar tudo e ultrapassar os próprios limites, focando na obrigação dentro de campo. Por sorte, enfrenta um adversário jovem – o Concepción tem apenas 23 anos – e pouco tradicional na Libertadores, sendo que não participa há 13 anos.

O elenco já estava no Chile desde esta terça-feira, 30. Durante o treino da tarde, Zé Ricardo indicou que apostará no mesmo time que empatou com o Flamengo na última rodada do Campeonato Carioca pelo placar de 0 a 0. A equipe deve entrar em campo e começar a partida com: Martín Silva; Pikachu, Erazo, Ricardo e Henrique; Wellington, Desabato, Wagner, Evander, Paulinho e Ríos.

Chapecoense x Nacional (URU)
A Chapecoense terá uma missão complicada diante do gigante Nacional (URU). Precisará derrubar um forte e tradicional elenco, sendo que faz sua primeira partida em casa, e depois decide no Uruguai. Curiosamente, as duas equipes se enfrentaram em 2017 pela fase de grupos da Libertadores. A Chape perdeu a primeira partida fora de casa por 3 a 0 e, em casa, empatou em 1 a 1.

O técnico Gilson Kleina fez segredo na equipe da Chape, que entrará em campo diante do Nacional, mas revelou que não poderá contar com Moisés Ribeiro. Além dele, Canteros, Elicarlos e Vinícius seguem entregues ao departamento médico do clube.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio