Vasco vence Botafogo no primeiro jogo da final do Carioca

Pikachu vira com dois gols em dois minutos, e Ríos marca aos 48; no Gaúcho, Grêmio destrói Brasil de Pelotas

Vasco vence Botafogo no primeiro jogo da final do Carioca

Pikachu vira com dois gols em dois minutos, e Ríos marca aos 48; no Gaúcho, Grêmio destrói Brasil de Pelotas

O Vasco venceu o Botafogo por 3 a 2 neste domingo, 1, no Nilton Santos, pela ida da final disputada ontem. Renatinho abriu o placar para o Fogão, Yago Pikachu fez dois gols em dois minutos para virar, Brenner empatou e Andrés Ríos garantiu a vitória vascaína aos 48 do segundo tempo. A volta será disputada no próximo domingo, 8, às 16h, no Maracanã.

Nos primeiros minutos, o Botafogo se mostrou muito concentrado na partida. Aos 3, Renatinho aproveitou a falha do zagueiro Paulão. Depois do recuo de Wellington, o defensor vascaíno tentou sair jogando e acabou dividindo com o meia rival. A bola subiu, e quando Martín Silva saiu do gol, Renatinho já estava fuzilando pro gol com um chute forte, e o placar estava aberto.

A virada veio rápida como um raio, em dois gols de Yago Pikachu. Aos 28, após belo lançamento o camisa 22 marcou um golaço, de primeira. A bola vai no canto direito de Gatito, sem chances para o goleiro paraguaio. Aos 30, o choque ficou completo no Maracanã. Após um passe de calcanhar de Wagner para Riascos, o colombiano consegue passar por Marcinho e cruzar rasteiro. Pikachu completou o ataque rápido, se antecipando para virar a partida.

Aos 44, o Botafogo conseguiu deixar tudo igual. Após o cruzamento de primeira de Luiz Fernando, Brenner se antecipou a Paulão e venceu Martín Silva com um cabeceio na gaveta.

O segundo tempo foi tenso e movimentado, com grandes chances para os dois rivais. Ambos ainda reclamaram pênaltis. Aos 12, Lindoso reclamou de empurrão de Erazo após bola na área lançada por Leo Valencia. Aos 17, Wagner tentou passe dentro da grande área e a bola bateu na mão de Carli, mas o árbitro também não marcou.

Mais uma vez no final do jogo, o Vasco garantiu a vitória, assim como na semifinal contra o Fluminense. Aos 48 do segundo tempo, Thiago Galhardo cobrou escanteio, a bola desviou em Wellington e acabou sobrando para o argentino Andrés Ríos. Em um voleio improvisado, a bola vai para o fundo das redes, sem chances para Gatito. É o gol da vitória e da vantagem para o Vasco.


Grêmio aplica chocolate na Páscoa e tem título encaminhado

O Grêmio venceu o Brasil de Pelotas por 4 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho na Arena. Os gols foram marcados por Everton, Alisson e Ramiro, no segundo tempo. A volta será disputada no próximo domingo, 8, às 16h, no Bento Freitas, em Pelotas.

O Tricolor dominou o Xavante do início ao fim do primeiro tempo, com muito toque de bola. Mesmo assim, o Brasil teve duas chances, a melhor delas em um cabeceio de Calyson que passou por cima do gol de Grohe. Antes do intervalo, os visitantes ainda tiveram o lateral Éder Sciola expulso, após o segundo cartão amarelo por falta em Luan.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Grêmio abriu o placar com boa troca de passes e o gol de Everton. Arthur fez o passe para Jael, que deixou Everton em condições de apenas tirar do goleiro Marcelo Pitol.

Aos 9, a vantagem do Grêmio é ampliada. Maicon cruzou na cabeça de Jael, mas Pitol fez ótima defesa. Alisson, com sorte, aproveitou o rebote para marcar o segundo gol dos donos da casa. Oito minutos depois, Jael recebeu em boas condições e mandou uma bomba, e na sequência Pitol fez uma defesa fantástica para evitar o início de uma goleada.

Mas, de qualquer forma, o terceiro gol saiu aos 25. Jael faz nova assistência e Everton marca seu segundo gol na partida. Pitol ainda falhou lamentavelmente aos 32, quando engoliu um frangaço na falta cobrada por Ramiro da intermediária para fechar o placar.

Alisson comemora o segundo gol gremista | Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio