Veja os números da Operação Anjos da Lei em Brusque, que apreendeu armas e munições

Ação foi realizada de forma simultânea nos três estados do Sul

Veja os números da Operação Anjos da Lei em Brusque, que apreendeu armas e munições

Ação foi realizada de forma simultânea nos três estados do Sul

A Polícia Civil de Brusque apreendeu armas, 500 unidades de munição e até mesmo equipamentos para a fabricação dos materiais em casa do Steffen, ontem de manhã. A ação integra a Operação Anjos da Lei, desenvolvida nas 30 delegacias estaduais, além de Paraná e Rio Grande do Sul.

As investigações iniciaram há cerca de um mês pela Delegacia de Proteção à Criança, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), após o registro de uma ameaça e agressão contra uma mulher. Na época, segundo o delegado Wesley de Souza Costa, as informações indicavam que o proprietário do imóvel teria utilizado um revólver.

No entanto, o volume de material encontrado ontem era diferente do esperado. No imóvel, além de um revólver calibre 32, foram localizadas duas espingardas, 7 canetas revólver e munições. Só entre as munições para armas calibre 38 foram encontradas 173 unidades. Para o calibre 22, outras 250.

O homem de 70 anos não estava no momento que integrantes da Divisão de Investigações Criminais (DIC) entraram no imóvel. Ele já possuía passagens pela polícia por porte ilegal de arma, registrado 2009.

“Encontramos essa quantidade grande de armas de fogo e munição. Num primeiro momento, o investigado não se encontrava, mas como estávamos no local, tínhamos chamado a atenção e para ele não se desfazer de nada, achamos por bem cumprir mesmo assim”, afirma o delegado da DIC, Alex Bonfim Reis.

Pena de até seis anos
Mesmo sem ter sido autuado em flagrante, o proprietário dos equipamentos deve ser indiciado por porte de arma e munição de uso restrito e por lesão corporal. De acordo com Costa, ele deve responder em liberdade e as penas variam entre três e seis anos.

Na casa, também foram encontradas espoletas, pólvora, cartuchos e equipamentos para fabricação de munição. As investigações ainda não apontaram qual é a finalidade do material e se ele era explorado de forma comercial.

O mandado de busca foi um dos três cumpridos no município. Além deles, um de prisão também foi emitido. Ao todo cinco pessoas foram abordadas, segundo a comunicação da Polícia Civil estadual.

A operação
A ação das polícias civis de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul tinha como foco combater o tráfico de drogas no entorno das escolas. Além dos mandados de busca e apreensão, foram cumpridos mandados de prisão entre as 6 e as 9 horas.

Em Santa Catarina, pelo menos 15 pessoas foram presas. Dos flagrantes, cinco foram em Joinville. No município, foram apreendidos 70 quilos de maconha, além de crack e ecstasy. Drogas e armas também foram encontradas em Blumenau, onde três foram encaminhados para a delegacia. Com o grupo foram encontradas armas, munições e um colete balístico.

Em nota, a assessoria de comunicação da Polícia Civil informou que durante esta quinta-feira, 14, o delegado-geral adjunto, Luiz Ângelo Moreira, apresentará os resultados da Operação Anjos da Lei, na sede da Delegacia Geral. O evento está previsto para as 9h e contará com a participação da secretária de Estado da Educação, Simone Schramm.
Números da apreensão de Brusque:
88 munições de calibre 32
173 munições de calibre 38
10 de calibre 44
4 de calibre 380
6 munições de calibre 9 milímetros
55 de calibre 635
250 de calibre 22
7 canetas revólver
1 revólver calibre 32
2 espingardas

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio