Conteúdo exclusivo para assinantes

Vendas de kits para sinal digital movimentam comércio em Brusque

TV analógica só será desligada em 2023 na cidade, mas moradores já buscam aparelhos

Vendas de kits para sinal digital movimentam comércio em Brusque

TV analógica só será desligada em 2023 na cidade, mas moradores já buscam aparelhos

Nos últimos meses, as principais redes de televisão do país intensificaram as campanhas avisando sobre o fim do sinal analógico neste ano. Isso fez com que as vendas de kits (conversor e antena) disparassem até mesmo em Brusque, onde a TV analógica continuará a funcionar até 2023.

O comércio local registra grande procura por antenas e conversores para TV digital. O gerente das lojas Colombo no município, Guilherme Miguel, diz que muitas antenas internas são comercializadas. Conversores também são procurados, mas em menor escala.

A mesma situação é verificada em lojas especializadas. A BK Antenas, na rua Nova Trento, por exemplo, também comercializa antenas para sinal digital. Segundo Daiane Schwartz, proprietária da empresa, a venda e a procura estão bastante grandes devido às campanhas na TV.

No Centro, a Milium aposta em promoções para atrair mais público. Segundo o gerente Vitor Scharf, as vendas têm sido cada vez maiores nos últimos meses.

A loja tem um corredor só com antenas – internas ou externas – e conversores. O relato dos vendedores é que a procura é grande.

Mais cinco anos
Os consumidores correm às lojas em busca de conversores e antenas com sinal digital. Contudo, há bastante tempo antes que o sinal analógico seja completamente desligado na região.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), isso só acontecerá em dezembro de 2023 em Brusque, Guabiruba, Botuverá, Nova Trento e São João Batista, e no restante do estado.

Há três exceções ao prazo de 2023. Florianópolis, e algumas cidades no entorno, tiveram o sinal analógico desconectado em janeiro deste ano. Blumenau e algumas cidades próximas (Brusque não) passarão pelo mesmo processo em 31 de dezembro. Joinville passará pelo mesmo procedimento.

Parabólicas não terão sinal desligado

As antigas antenas parabólicas continuarão a receber o sinal normalmente. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) não tem previsão para o desligamento, portanto, não existe necessidade comprar conversores digitais neste caso.

As parabólicas não serão atingidas porque recebem o sinal diretamente do satélite, enquanto que a TV digital é alimentada pelo sinal terrestre.

Daiane, da BK Antenas, diz que as parabólicas são cada vez menos procuradas. Quem mora em lugares com TV normal ruim já comprou a sua antena, e quem pode, opta pela televisão normal devido ao custo.

Saiba como se adaptar

Televisores
Para receber o sinal digital, é preciso ter um aparelho de televisão com conversor embutido ou colocar um conversor. Os aparelhos mais recentes de LED e LCD têm conversor embutido. Já as TVs mais antigas, antes de 2010, possivelmente não têm. Televisores de tubo não são compatíveis.

Antenas
É preciso instalar uma antena para captar o sinal digital. As antenas externas, usadas no telhado das casas, são as mais indicadas. Mas existem antenas internas. Nos prédios e condomínios, podem ser usadas antenas coletivas para captar o sinal digital.

É recomendável consultar um vendedor ou especialista em antenas para auxiliar na adaptação, de acordo com o local da sua residência.

Kits gratuitos
Os kits gratuitos são distribuídos para que a população de baixa de renda, beneficiária de programas sociais do governo federal, tenha acesso à TV digital gratuita. Os kits são compostos por uma antena UHF e um conversor com controle remoto. Para saber se pode retirar um kit gratuito, consulte o site http://www.sejadigital.com.br/site/kit .

É preciso informar o NIS (Número de Identificação Social) ou o CPF. Se a distribuição já tiver começado em sua região e seu nome estiver na lista, é possível agendar o horário para retirar o kit.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio