Vereadores cobram agilidade na conclusão da duplicação da Antônio Heil

Obra já deveria ter sido concluída

Vereadores cobram agilidade na conclusão da duplicação da Antônio Heil

Obra já deveria ter sido concluída

A demora na conclusão das obras da rodovia Antônio Heil também foi um dos destaques da sessão da Câmara de Vereadores nesta terça-feira, 12.

Em seu pronunciamento, o vereador André Rezini (PPS) cobrou mais agilidade na obra que é muito aguardada pelos brusquenses e pelo projeto inicial já deveria ter sido concluída.

“Foi um grande projeto do outro governo, que contemplou a cidade de Brusque e é de extrema importância para o município”.

O vereador lembrou que na outra legislatura, a qual ele fez parte, a Câmara de Brusque se movimentou para a implantação de ciclofaixa na rodovia, já que o projeto inicial não previa. Naquela época, o governo do estado se manifestou e informou que a ciclofaixa seria implantada.

De lá para cá, a obra foi avançando, entretanto, de forma bastante lenta, na avaliação do vereador.

Rezini destaca que o governo de Carlos Moisés herdou a obra e até o momento não deu sinal de avanços no trabalho. “Infelizmente não conseguiram finalizar a obra o ano passado e isso tem causado um transtorno enorme. Votamos e apoiamos o governador Moisés, sabemos que início de governo é complicado, tem toda a mudança de secretariado, mas já estamos indo para o terceiro mês de governo e temos que lutar pela nossa cidade”.

O vereador cobra uma posição do governador sobre a continuidade da obra. “O governador deve vir a público junto com os secretários e mostrar trabalho, fazendo a continuação da obra. Grande parte já está concluída, mas temos trechos muito perigosos e que precisam ser finalizados o quanto antes”.

O vereador Ivan Martins (PSD) também cobrou a conclusão da obra. Ele apresentou uma indicação para que seja enviada ao governo do estado a solicitação para a conclusão da rodovia Antônio Heil. “Pequenos trechos que se encontram inacabados tornam-se perigosos aos milhares de motoristas que por lá perpassam diariamente”, justifica.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio