Vereadores criticam conteúdo da prova do primeiro dia do Enem

Marcos Deichmann foi um dos que questionou os temas abordados nas questões

Vereadores criticam conteúdo da prova do primeiro dia do Enem

Marcos Deichmann foi um dos que questionou os temas abordados nas questões

O conteúdo do primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado no domingo, 4, foi alvo de críticas de vereadores na sessão da Câmara de Brusque desta terça-feira, 6.

O vereador Marcos Deichmann (Patriota) levou o assunto à tribuna. Durante seu pronunciamento, ele se disse “preocupado com o que está querendo ser implantado nas escolas, que é a ideologia de gênero e nos deparamos com essa situação em uma prova que avalia a qualidade do Ensino Médio”.

Deichmann afirma que os assuntos abordados dentro do primeiro dia de prova, que avaliou conhecimentos nas áreas de linguagens, ciências humanas e redação, como machismo, racismo, cultura LGBT e direitos humanos não são apropriadas.

“Gostaria de saber qual a grade do ensino médio que ensina este tipo de coisa. O que isso tem a ver com o exame do ensino médio”.

A visão do vereador foi acompanhada também pelo vereador Paulo Sestrem (PRP). “É uma inversão de valores. Essas perguntas no Enem querem preparar quem? É uma vergonha para a educação”.

“Não estou sendo racista ou qualquer outra coisa. Estou falando do ensino, da qualidade do ensino e a forma que está sendo implantado isso. É uma forma camuflada de implantar a ideologia de gênero no ensino dos nossos jovens e crianças”, finaliza Deichmann.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio