Vereadores de Guabiruba criticam ausência de secretário de Obras na Casa

Secretário mais uma vez não esteve presente para prestar esclarecimentos sobre os trabalhos da pasta

Vereadores de Guabiruba criticam ausência de secretário de Obras na Casa

Secretário mais uma vez não esteve presente para prestar esclarecimentos sobre os trabalhos da pasta

A sessão ordinária da Câmara de Guabiruba na noite desta terça-feira, 3 de abril não contou com a presença do secretário de Obras, Clodoaldo Riffel, como foi anunciado no encontro anterior do legislativo.

O representante da pasta havia garantido sua ida à Casa nesta terça-feira e até teve o nome incluído na inscrição da palavra, entretanto não apareceu. A ausência de Clodoaldo foi alvo de críticas da maioria dos vereadores.

O presidente da Casa, Vilmar Gums (PSDB) informou que a presença do secretário não ocorreu por uma convocação do prefeito, Orides Kormann, para uma reunião de secretariado na noite de hoje.

Com isso, Cristiano Kormann (PP), Nilton Rogério Kohler (DEM), Valdecir Gomes Ferreira (PDT), José Vicente Baron (PSD), Matias Kohler (PP) e Valentin Kohler (PP) fizeram duras críticas à situação, em especial pela declaração dada por Clodoaldo à imprensa, na semana passada, quando disse não receber as indicações feitas pelos edis na Casa.

– O pior não é nem a é a falta de comprometimento do secretário e sim de quem é responsável por receber as indicações na prefeitura e não faz o repasse para a Secretaria. Acredito que isso é uma falta de comprometimento do Executivo em relação à comunidade – disparou Cristiano.

Durante o encontro legislativo, ainda, a plateia ficou lotada, principalmente por professores da rede de ensino de Guabiruba. Isso porque, os educadores contemplados com a aprovação do projeto de lei nº 6/2012, não receberam o reajuste do piso nacional previsto para a folha de pagamento do mês de março.

A matéria foi aprovada na sessão anterior, no dia 27 de março, em regime de urgência, para beneficiar professores da rede municipal de ensino que estavam com salários abaixo do piso nacional, ou seja, ACTs leigos.

Outro ponto abordado sobre o assunto foi em relação às outras categorias de professores, que seguindo a tabela de plano de carreira também têm direito ao reajuste e, com a aprovação do projeto, também querem a adequação salarial.

Uma reunião com representantes do Sindicato dos Servidores Municipais (Sinseb) e com a administração municipal está prevista para acontecer na próxima segunda-feira, 9 de abril. O encontro pretende discutir a possibilidade de reajuste de salários de forma gradual aos outros professores do magistério, e o impacto disso na arrecadação e despesas do município, se for realizado ainda este ano.

Uma assembleia também está prevista na segunda-feira, com os professores da categoria. O encontro irá ocorrer às 17h30 horas na Câmara dos Vereadores de Guabiruba.

**Confira a matéria completa e as declarações dos edis na edição impressa de quinta-feira, 5 de abril.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio