Vereadores de São João Batista aprovam repasse de R$ 1 milhão para a saúde

Valor será aplicado, entre outras coisas, na manutenção do Hospital Monsenhor José Locks

Vereadores de São João Batista aprovam repasse de R$ 1 milhão para a saúde

Valor será aplicado, entre outras coisas, na manutenção do Hospital Monsenhor José Locks

O projeto de lei que autoriza a transferência de R$ 1 milhão para o Fundo Municipal da Saúde foi aprovado pelos vereadores, na segunda-feira, 4. Conforme o texto, o valor será destinado a manutenção do hospital municipal Monsenhor José Locks.

Todos os vereadores aprovaram o projeto, em votação única. O vereador Leôncio Paulo Cypriani (MDB) informou que o dinheiro será utilizado para custear os trabalhos no hospital.

Veja também:
Obra na praça Barão de Schneeburg tem previsão de entrega para meados de julho

Grande rede de supermercados negocia para se instalar em Brusque

Escola estadual no Cedrinho está sem atividades em sua quadra há mais de um ano

Entretanto, lembra que o Executivo pretende solicitar uma comissão no Legislativo para auditar a utilização do dinheiro público na casa hospitalar do município. “Deverão ser designados dois vereadores, indicados pelo presidente, para que se faça essa fiscalização, que é também o nosso papel”, diz.

Fábio Norberto Sturmer (PP) ressalta que após o município terceirizar os serviços do hospital, houve uma melhora significativa nos serviços prestados. Contudo, com o valor repassado nos três primeiros meses do ano, avalia que deveria estar muito melhor.

O vereador Heriberto Eurides de Souza (Cidadania) apresentou, durante a sessão, os valores de repasses dos primeiros meses.

“Em janeiro, o Instituto Vidas recebeu R$ 1,053 milhão e o RedeH, R$ 1,056 milhão. Em fevereiro foi repassado ao Vidas R$ 815 mil e ao RedeH, R$ 1,138 milhão. No mês de março o repasse foi de R$ 407 mil ao Vidas e R$ 567 mil ao RedeH, sendo que antes os valores mensais ao hospital eram em torno de R$ 300 a R$ 400 mil. Realmente tem que abrir a comissão, porque mais do que triplicaram os repasses”, diz.

Juliano Peixer (Patriota) revela que muitas pessoas o abordam e questionam o motivo do repasse ao hospital ter aumentado. Muitas vezes, ele afirma que não sabe de que maneira explicar. “Acho importante essa comissão, até mesmo sugeri, e se puder fazer parte estarei muito feliz”.

Veja também:
Ex-Barateiro Futsal, Camilinha disputa sua primeira Copa do Mundo nos gramados

Brusque terá maior participação na divisão do ICMS em 2020

Obras na Humberto de Campos causam novas alterações no trânsito do bairro Velha, em Blumenau

A vereadora Rúbia Tamanini (PSD) lembra que com a terceirização do hospital, muitos serviços novos passaram a ser oferecidos, como exames laboratoriais, consultas com médicos de outras especialidades, plantão médico com mais médicos, entre outros.

O presidente Éder Vargas (MDB) afirma que assim que o Executivo mandar o pedido da formalização da comissão, indicará os vereadores Juliano Peixer, por ter sugerido, e Ademir José Rover (PRB) por ser um defensor da área da saúde e já ter sido secretário da pasta.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio