Vice-campeão da Copa Krona, Carlos Renaux busca título em outras competições

Amador de Brusque, Catarinense de Suíço e estadual amador são os eventos que o tricolor visa

Vice-campeão da Copa Krona, Carlos Renaux busca título em outras competições

Amador de Brusque, Catarinense de Suíço e estadual amador são os eventos que o tricolor visa

O pódio na primeira participação da Copa Krona, competição regional de equipes de futebol amador, mostrou a força do elenco do Carlos Renaux. Mas a busca por títulos não para por aí: o tricolor agora segue vivo na semifinal do Campeonato Amador de Brusque, disputa a Copa Regional de Futebol de Sete e já participou de reuniões para entrar na primeira fase do Campeonato Catarinense de Futebol Não Profissional.

A grande final da Krona, que terminou com vitória por 1 a 0 do tricolor – mas não com o título, já que o Metropolitano venceu a primeira partida da decisão por 4 a 0 -, trouxe duas certezas. Uma é de que o grupo é competente, já que estreou no evento brigando por título. Outra é que a torcida tricolor é apaixonada e vai acompanhar o time na situação que estiver, já que centenas de pessoas acompanharam a grande final no Gigantinho.

Campanha na Krona
O Vovô do Futebol Catarinense terminou a primeira fase da competição como líder da Chave B. Foram três vitórias, uma derrota e um empate, em campanha de destaque que garantiu vaga nas semifinais. No grupo estava exatamente o Metropolitano, que se sagraria campeão, sendo que o tricolor venceu as duas partidas contra o Metrô.

Já na penúltima etapa, a equipe enfrentou o Flórida, de Blumenau. Mesmo jogando fora de casa, o Renaux conquistou vitória importante que praticamente garantiu o time na decisão, pelo placar de 3 a 0. Depois, no Gigantinho, nova vitória, por 3 a 1. Pela outra semifinal, o Olaria, de Guabiruba, perdeu seus dois jogos para o Metropolitano, pelos placares de 3 a 0 e 6 a 0.

Na primeira partida da final, em Blumenau, o tricolor sofreu com os desfalques. Dois de seus atletas, Renan e Jean, foram contratados pela equipe profissional Associação Esportiva Evangélica, de Goiás. Além disso, se lesionaram duas peças importantes, os meias Rafael e Djonathan. Não deu outra: 4 a 0 para o time de Blumenau.

No jogo em casa, só deu Renaux. Mesmo assim, o time não conseguiu reverter o placar, vencendo por 1 a 0. A casa ficou cheia e celebrou a taça de prata. Para o diretor de futebol do clube, Robson Machado, o Bob, o título inclusive poderia ter ficado em Brusque.

“Fizemos a melhor campanha, fomos a equipe que mais fez pontos, mas regulamento é regulamento. Acredito que se não fossem os nossos desfalques a história seria outra. Mas agora seguimos atrás de outras competições, para aí conseguir manter o elenco”.

Demais competições
Agora o Carlos Renaux aguarda uma resolução no Amador de Brusque para saber com quem disputa as semifinais. Isso porque, embora o Paysandú tenha passado para a fase, a Abresc entrou com recurso alegando que atletas irregulares disputaram a competição pelo alviverde.

No regional de futebol suíço, o tricolor perdeu um jogo para equipe de Itajaí e agora precisa vencer em Brusque para seguir vivo na competição. O microrregional amador ainda está em fase de reunião, mas o time mostrou interesse na participação.

Competição de futebol feminino
Neste domingo, a partir das 8h30, o Augusto Bauer será palco do futebol feminino. Equipes de Brusque e região disputam o primeiro torneio do naipe. Confirmaram presença Carlos Renaux, Guabiruba, Colégio Oswaldo Reis e Colégio Paquetá. Interessados em formar equipe para entrar na disputa podem entrar em contato com o clube pelo fone (47) 3351-4444. As inscrições são gratuitas.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio