Vigilante do Rio Grande do Sul é preso com veículo clonado, em Brusque

Ele havia comprado o carro de um amigo e tentou regularizar a transferência com a proprietária

Vigilante do Rio Grande do Sul é preso com veículo clonado, em Brusque

Ele havia comprado o carro de um amigo e tentou regularizar a transferência com a proprietária

Um vigilante de 41 anos, do Rio Grande do Sul, foi preso na tarde desta segunda-feira, 9, em Brusque, após tentar transferir um veículo clonado.

A verdadeira proprietária do carro, um Ford Ka, informou na Delegacia de Polícia Civil que nos últimos três meses recebeu multas envolvendo seu veículo no estado gaúcho.

Na quinta-feira, 5, ela recebeu uma ligação do vigilante dizendo que havia comprado um Ford Ka, que estava em nome da mulher e precisava regularizar.

Ela passou então os dados do homem para o marido, que entrou em contato e marcou a data para se encontrarem em Brusque. Com isso, o casal informou a Polícia Militar.

Na tarde desta segunda-feira, a PM foi até um posto de combustíveis, na rodovia Antônio Heil, conforme o combinado, e abordou o veículo. Ao consultar o chassi foi constatado que o veículo original estava com registro de furto/ roubo.

O vigilante então informou aos policiais que havia comprado o carro de um amigo e pagou R$ 5 mil como entrada e parcelou em 24 vezes de R$ 300.

Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde responderá a um inquérito policial por receptação culposa. Após os procedimentos o homem foi liberado e o carro e as placas clonadas apreendido.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio