Corpo de vítima de latrocínio é encontrado em estrada, no Rio Branco

Natal Avi, 53 anos, morreu após ser golpeado na cabeça

Corpo de vítima de latrocínio é encontrado em estrada, no Rio Branco

Natal Avi, 53 anos, morreu após ser golpeado na cabeça

Um possível latrocínio foi registrado na manhã deste sábado, 14, por volta das 9h30. A Polícia Militar foi acionada após moradores localizarem o corpo de um homem, caído em um barranco na margem da rua Ernesto Bianchini, no bairro Rio Branco.

Logo veio a confirmação: tratava-se de Natal Avi, 53 anos, morador de um sítio localizado na rodovia Pedro Merízio (SC-486), que liga Brusque a Botuverá. Ele foi morto com golpes na cabeça, possivelmente de um paralelepípedo.

Ele estava desaparecido deste a noite de sexta-feira, 13, quando teria saído de casa para comprar óleo em um posto de combustíveis e não foi mais visto.

A vítima estava em uma Ecosport de cor prata, placas de Botuverá. Familiares de Natal foram até o local onde o Instituto Geral de Perícias (IGP) estava realizando o levantamento e recolhendo o corpo e reconheceram como sendo de Avi, que trabalhava com a venda de lenha.

A PM recebeu a informação que na mesma estrada havia um veículo abandonado, com as mesmas características da Ecosport da vítima. A guarnição do sargento Borges foi até o local, na rua Silvério Régis, bairro Lageado Baixo, já no município de Guabiruba, e localizou o automóvel. A estrada é a mesma de onde o corpo foi localizado, distante cerca de quatro quilômetros apenas.

O veículo também passou por perícia e as investigações sobre o crime já foram iniciadas. A princípio tratado como latrocínio, uma vez que o homem morto costumava andar com dinheiro e tinha vendido uma carga de lenha no dia anterior. O veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio