Vitor Belfort nocauteia Luck Rockhold com chute cinematográfico e leva fãs ao delírio na Arena Jaraguá

Brasileiro acertou um belo chute rodado, e ainda levou para casa o prêmio de melhor nocaute

Vitor Belfort nocauteia Luck Rockhold com chute cinematográfico e leva fãs ao delírio na Arena Jaraguá

Brasileiro acertou um belo chute rodado, e ainda levou para casa o prêmio de melhor nocaute

As provocações de Vitor Belfort ao adversário da luta principal do UFC 160, Luck Rockhold, se transformaram em uma verdadeira aula de artes marciais. Não por uma sequência de golpes do brasileiro, já que o confronto, até então equilibrado, durou apenas 2min28s. Mas sim pela precisão de um chute cinematográfico que pôs fim ao embate válido pelo peso médio.

Leia também

O primeiro a buscar a luta foi Rockhold. Ele tentou um chute cruzado, mas se desequilibrou. Belfort manteve a guarda e esperava os momentos certos para conectar golpes, sobretudo aproveitando da agilidade das mãos, umas das suas principais características. Em um dos momentos, o brasileiro chegou a encurralar o americano na grade, mas não teve eficiência em seus golpes. Rockhold se desvencilhou pouco depois e tentou um chute de efeito, mas o brasileiro defendeu.
Quando os dois partiram para trocação novamente, Belfort acertou um belo chute rodado. Rockhold caiu praticamente nocauteado. Depois o brasileiro ainda emendou seis diretos no rosto do americano, e confirmou o serviço aos gritos de “o campeão voltou”.
Galeria
Ao final do embate, Belfort ainda foi premiado com o melhor nocaute da noite. A melhor finalização foi de Ronaldo “Jacaré” que aplicou um katagatame e colocou Chris Camozzi para dormir no primeiro round. Lucas ‘Mineiro’ e Jeremy Larsen ficaram com a melhor luta da noite. Todos embolsam US$ 50 mil. Algo próximo de R$ 100 mil.
Dois catarinenses entraram no octógono em Jaraguá do Sul. Fábio Maldonado fez a quarta luta da noite no card preliminar pela categoria meio-pesado. Ele venceu por decisão unânime dos juízes Roger Hollett. João Zeferino enfrentou Rafael Natal pelo peso médio no card principal, mas foi derrotado também por decisão unânime dos jurados.

Resultados – UFC 160 – Jaraguá do Sul
Data – 18 de maio de 2013
Card principal
Vitor Belfort venceu Luke Rockhold por nocaute aos 2m32s do primeiro round
Ronaldo Jacaré venceu Chris Camozzi por finalização (kata-gatame) aos 3m37s do primeiro round
Rafael dos Anjos venceu Evan Dunham por decisão unânime
Rafael “Sapo” Natal venceu João Zeferino por decisão unânime
Card pleliminar
Nik Lentz venceu Hacran Dias por decisão unânime
Francisco Massaranduba venceu Mike Rio por finalização (katagatame) a 3m08s do primeiro round
Gleison Tibau venceu John Cholish por finalização (guilhotina) aos 2m34s do segundo round
Paulo Thiago venceu Michel Trator por decisão unânime
Iuri Marajó venceu Iliarde Santos por nocaute técnico aos 2m31s do primeiro round
Fábio Maldonado venceu Roger Hollett por decisão unânime
John Lineker venceu Azamat Gashimov por nocaute técnico a 1m07s do segundo round
Jussier Formiga venceu Chris Cariaso por decisão unânime
Lucas Mineiro venceu Jeremy Larsen por nocaute aos 13s do terceiro round
Prêmios da noite
Melhor nocaute – Vitor Belfort
Melhor finalização – Ronaldo Jacaré
Luta da noite – Lucas Martins vs Jeremy Larsen
Acompanhe a cobertura completa do UFC Jaraguá do Sul na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 20 de maio.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio