Vôlei adaptado vira ferramenta para acompanhamento da saúde no São Luiz

Partidas integram profissionais de diferentes áreas e moradores do bairro

Vôlei adaptado vira ferramenta para acompanhamento da saúde no São Luiz

Partidas integram profissionais de diferentes áreas e moradores do bairro

A prática esportiva tem sido uma aliada na identificação e prevenção de doenças no bairro São Luiz. O ginásio de esportes é utilizado há mais de três meses para partidas de vôlei adaptado, ação semelhante ao que ocorre na Arena Brusque, mas com o foco na saúde.

São cerca de oito jogadores regulares, segundo estimativa do instrutor e profissional de Educação Física, Gerri Rosa. Para completar as equipes, são usados profissionais de diferentes áreas da Saúde. A participação não é só esportiva. Eles aproveitam a proximidade para apresentação de palestras e orientações direcionadas a temas indicados pelos moradores.

Além da atuação de agentes de saúde, profissionais de fisioterapia, enfermagem, nutrição, psicologia e fonoaudiologia acompanham os indicadores e hábitos dos jogadores. O projeto no bairro é coordenado pela unidade do Núcleos Ampliado de Saúde da Família (Nasf).

Veja também:
Crescimento dos bairros de Brusque supera planejamento da prefeitura e gera falta de água

Prefeitura cria comitê para investigar e prevenir óbito materno, infantil e fetal em Brusque

Cerca de mil famílias aguardam imóvel da Prefeitura de Brusque

Na avaliação de Rosa, o trabalho poderia ser adaptado para realidade de outros bairros da cidade e serve de um estímulo a uma rotina mais saudável e com atenção à saúde. “Aqui não estamos para competir. Nosso objetivo não é esse, é ter esse espaço de saúde. Todos são bem-vindos.”

Outro papel destacado por ele no projeto é a inclusão e interação entre os moradores do bairro. Com a socialização, afirma, é possível fazer o controle de pressão, indicação de opções de terapias, conferência de medicamentos e rotina de acompanhamento da saúde individual.

Continuidade
Mesmo com o foco, moradores de pontos próximos ao São Luiz, como o Centro, também participam das partidas. Para o próximo ano, Rosa pretende ampliar os momentos de integração.

Ele destaca o papel das agentes comunitárias no acompanhamento contínuo dos moradores e no convite às pessoas que possam ser beneficiadas com o projeto. Entre as preocupações mais recorrentes na área da saúde, o instrutor indica os casos de obesidade e  diabetes no município. “A ideia é tentar trazer essas pessoas para praticar uma atividade física.”

De acordo com o instrutor, a tendência é que a iniciativa seja debatida para se adaptar melhor às necessidades do bairro. Uma revisão do horário não é descartada, para estimular um número maior de participantes. Hoje, os jogos ocorrem às quinta- feiras, a partir das 10h.

Vitalidade acima dos 70
As idades dos jogadores variam bastante. A mais nova possui 14 anos, enquanto os mais experientes passam dos 70. Apesar da idade, Eno Misfeldt, 72, é frequentador regular das partidas de vôlei adaptado. Viu na modalidade uma forma de se manter na ativo, após ter mantido o futebol como hobby durante a maior parte da vida.

Veja também:
Cesta básica de Brusque sobe 7,66% em outubro, segundo Dieese

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Pesquisadores lançam o Atlas da Bacia Hidrográfica do Itajaí, depois de 20 anos de estudo

Além de indicar a prática esportiva como uma forma de se manter ativo e em contato com as pessoas do bairro, destaca o papel das partidas no controle de uma trombose diagnosticada na perna direita.

Antes de começar a frequentar o ginásio do bairro, ele chegou a frequentar a Arena Brusque, no Centro. A mudança veio pela praticidade e possibilidade de ter mais tempo de jogo. Outro benefício destacado por ele é a atenção do projeto, menos voltado à competição. “O local que mais gosto de jogar é aqui. É bem melhor e todos se conhecem. Dá para jogar e brincar.”

Agende-se
Onde: Ginásio de Esportes do São Luiz
Quando: Quintas-feiras, a partir das 10h
O que precisa: Roupas e calçados confortáveis
Mais informações: Unidade Básica de Saúde do São Luiz (3351-7074)

A prática esportiva tem sido uma aliada na identificação e prevenção de doenças no bairro São Luiz. O ginásio de esportes é utilizado há mais de três meses para partidas de vôlei
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio