Voluntário da Acapra constata que cachorro em casa na Ivo Silveira não sofreu maus tratos

Foto causou polêmica nas redes sociais e chamou a atenção de protetores de animais de Brusque e de outras cidades

Voluntário da Acapra constata que cachorro em casa na Ivo Silveira não sofreu maus tratos

Foto causou polêmica nas redes sociais e chamou a atenção de protetores de animais de Brusque e de outras cidades

Após repercussão de publicação nas redes sociais sobre um cachorro que estaria sofrendo maus tratos e que teria sido abandonado em uma residência na rodovia Ivo Silveira, no bairro Steffen, um voluntário da Associação Brusquense de Proteção aos Animais (Acapra) visitou o local e constatou que não houve abandono.

Moacir Giraldi, voluntário da associação há cerca de 20 anos, fez uma publicação em suas redes e a tutora do cãozinho entrou em contato com ele por mensagem. Ele visitou a casa na manhã de terça-feira, 11. “Fui muito bem recebido. Conversei com a moradora, ela estava brava por ter sido ‘lascada’ nos comentários”, diz.

Segundo o voluntário, há casos e casos: às vezes, é necessário acionar a polícia e Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) para denunciar maus tratos e abandono de animal, mas, na situação em questão, ele constatou que não seria necessário.

“Na foto que foi divulgada, o cachorro estava amarradinho, meio sujo. Quando fui até a casa, ele havia tomado banho”, conta. De acordo com Giraldi, o cão se suja por ficar solto no terreno e deitar na areia e na brita do pátio.

O cãozinho de seis meses foi adotado pelos tutores, que o recolheram da rua. No terreno onde vivem, moram outras duas famílias – segundo Giraldi, uma delas não gosta muito de ter o cachorro solto no pátio, pois ele pode pular a cerca que separa a casa da rodovia.

“A dona da casa me mostrou e explicou que o cachorro não fica sob o sol e a chuva, que há um espaço coberto onde ele pode se abrigar. Eu dei uma boa olhada nele também, não tem pulga nem nada.”

Na próxima segunda-feira, 17, Moacir irá buscar o cachorro para levar para o banho e tosa. “Estou esperando para publicar uma foto dele limpinho, tosado”, diz o voluntário.

Repercussão
A foto divulgada nas redes sociais causou indignação em muitas pessoas, tanto de Brusque quanto de fora da cidade.

Protetores de animais de São José dos Campos (SP) entraram em contato com o jornal O Município, pois queriam resolver a situação e são orientados e não conseguiram entrar em contato com a Acapra.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio