Zonas industriais de Guabiruba são visitadas para revisão do Plano Diretor

Revisão pretende organizar o crescimento do município em regiões com menor área residencial

Zonas industriais de Guabiruba são visitadas para revisão do Plano Diretor

Revisão pretende organizar o crescimento do município em regiões com menor área residencial

Nesta semana, as zonas industriais de Guabiruba, definidas no Plano Diretor de 2006, foram visitadas por integrantes do Conselho de Desenvolvimento Urbano do município, que juntamente com membros da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), iniciou no mês de abril as discussões de revisão do Plano.

As mudanças pretendem inibir o crescimento desorganizado, definir as zonas urbanas, industriais e os espaços de interesse público e também reforçar as parcerias entre o público e o privado para a urbanização da cidade.

Atualmente as zonas industriais estão distribuídas nos bairros São Pedro, Aymoré, Pomerânia, Guabiruba Sul, Lageado Baixo e Imigrantes e a maioria localiza-se em espaços de concentração residencial, um dos principais problemas do atual Plano Diretor. Conforme o presidente do conselho, Wagner Paulo Butsch, a visita in loco foi muito proveitosa. “Pudemos verificar, com os membros do conselho, a real situação das zonas industriais.

Eles verificaram que dentro das zonas, que estão alocadas praticamente em todos os bairros, existem muitas residências, e isso dificulta a instalação das empresas”, avaliou Butsch, que também está à frente da Secretaria de Planejamento Urbano Infraestrutura e Trânsito.

Novo zoneamento 

Com isso, o Conselho passa a discutir o novo zoneamento do município, zonas industriais, de interesse social, que hoje não existem, e outros tipos de zoneamento. “Essas discussões serão levadas para a sociedade. O conselho decidiu que serão feitas quatro audiências públicas, ao menos, para ouvir as reivindicações da população com o intuito de elaborar um plano diretor participativo”, afirmou Butsch.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio