Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

60% dos brasileiros consideram ruim ou péssimo o desempenho dos deputados federais e senadores

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

60% dos brasileiros consideram ruim ou péssimo o desempenho dos deputados federais e senadores

A farra continua

Raul Sartori

Impopularidade 1
Mais um dado para corroborar com a percepção nítida de que o eleitor, em 2018, terá um comportamento inédito na história política recente. Pesquisa Datafolha divulgada ontem detectou que 60% dos brasileiros consideram ruim ou péssimo o desempenho dos atuais 513 deputados federais e 81 senadores. A aprovação atinge míseros 5%.

Impopularidade 2
Este espaço, e certamente milhares de catarinenses, teriam sua curiosidade atendida se numa pesquisas dessas também se aferisse, o que o catarinense acha do desempenho dos atuais 40 deputados estaduais. Está longe de ser ótimo, não há dúvidas. Não é tanto a performance que o eleitor condena, mas sim o antro de privilégios que desfruta a classe política.

A farra continua
A União dos Vereadores de SC (Uvesc), que tem 70 câmaras associadas das 295 no Estado, está promovendo até amanhã o Congresso Estadual de Vereadores, que iniciou terça-feira. Para associado a inscrição é de R$ 350 e não associado R$ 600. Ambas pagas pelas respectivas Câmaras, evidentemente que, também evidentemente, providenciaram diários, transporte, hospedagem, etc. A sede do evento é a Assembleia Legislativa e a quase totalidade dos palestrantes é de órgãos públicos. Detalhe: a entidade não tem portal de transparência.

Depende
O desastre na operação Ouvidos Moucos, que resultou no suicídio do reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancelier, foi e está sendo um pesadelo para a ainda delegada da PF em SC, Erika Marena, sua principal responsável. Sua nomeação para chefiar a PF em Sergipe só vai acontecer com o fim da sindicância da Corregedoria da corporação, que apura os lamentáveis fatos. Se não fosse o destrambelhada coordenação, Marena poderia ter dias maravilhosamente melhores em termos profissionais. Ela estava na lista tríplice, e a mais votada, que os delegados da PF enviaram ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, para a indicação do substituto de Leandro Daiello. Fernando Segovia foi o escolhido.

Alivio, mas… 1
Com 37 votos favoráveis, foi aprovado terça-feira projeto de lei do deputado Gelson Merisio (PSD) que proíbe o Detran-SC de cassar carteiras de motorista pela pontuação de multas antigas, acumuladas de 2012 a 2016. Agora segue para decisão do governador Raimundo Colombo (PSD) que, se sancioná-lo, esbarra, flagrantemente, no artigo 22, inciso 11, da Constituição Federal. O assunto não é de competência estadual.

Alívio, mas… 2
Perguntar não ofende: o que faz a custosa assessoria jurídica do Legislativo estadual que não percebe situações tão elementares? Em 2007, foi aprovado projeto do deputado Kennedy Nunes que permitia parcelar multas de trânsito. Foi vetado totalmente pelo governador, por inconstitucionalidade. Como se vê, as assessores não aprenderam nada.

Taxa mínima
Projeto de lei do Executivo e que, se transformado em lei e entrar em vigor a partir de 1º de janeiro, estabelece o valor mínimo de R$ 5 para recolhimento em documento de arrecadação de taxas estaduais.

Insulto
Inacreditável! Até segunda-feira um procurador da República no topo da carreia que fosse mudar de cidade por causa do trabalho tinha direito a R$ 90 mil como ajuda de custo se tivesse três filhos. O Diário Oficial da União de terça-feira publicou portaria da procuradora geral da Republica, Raquel Dodge, estabelecendo valor de R$ 30 mil, independentemente do tamanho da prole da excelência. Mesmo assim, um valor obsceno.

Cultura excluída
Que o governo estadual, nos últimos anos, humilhou a cultura, não é novidade. Assim sendo, não surpreende ter esquecido e não destinar um centavo no projeto da lei orçamentária anual para 2018, em tramite na Assembleia Legislativa, para os prêmios anuais Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura e Catarinense de Cinema.

Gestão escolar
A união e determinação da equipe, junto com o apoio de toda a comunidade escolar, foi o que tornou possível a conquista do Prêmio Gestão Escolar 2017, de Viviane Rosa Bennert, gestora da escola estadual Mont Alvern, de Ituporanga. Escolhida como Referência Brasil, a escola foi premiada com R$ 30 mil e a diretora com uma viagem de intercâmbio aos Estados Unidos. O resultado foi divulgado segunda-feira em Bonito (MS).

DETALHES
SC foi um dos primeiros estados a aderir ao Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (Cemi), que permite o bloqueio de celulares extraviados, furtados ou roubados. Só no mês passado 48,9 milhões de celulares foram bloqueados.

Dentre 710 projetos inscritos de todo país, um do MP-SC ficou entre os 12 selecionados para a grande final, terça-feira, em Brasília, da 14ª edição do respeitado Prêmio Innovare. Foi para a prática “GesPro – Projeto de gestão administrativa das promotorias”, vencedora na categoria Ministério Público.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio