AD Brusque estreia na Liga Ouro em busca de vaga na elite do basquete brasileiro

A equipe enfrenta o Contagem Towers nesta terça-feira, 7, pela primeira rodada da divisão de acesso à NBB

AD Brusque estreia na Liga Ouro em busca de vaga na elite do basquete brasileiro

A equipe enfrenta o Contagem Towers nesta terça-feira, 7, pela primeira rodada da divisão de acesso à NBB

A noite vai ser de muita emoção e basquete na Arena Brusque. O atual campeão catarinense, AD Brusque, dá seu primeiro passo na Liga Ouro, competição nacional equivalente à segunda divisão do Novo Basquete Brasil (NBB). Na primeira partida, o time do técnico Alexandre Barros, o Bicudo, enfrenta o Contagem Towers, equipe atual campeã mineira do município de Contagem.

O encontro entre os campeões de Minas e Santa Catarina marca a primeira partida oficial da equipe brusquense de basquete na temporada. A seu favor, a AD Brusque tem a manutenção de seus experientes atletas, como Finão, Gigante e Durval – a espinha dorsal do time conquistou dois títulos importantíssimos nos últimos dois anos, nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) e no Catarinense -, e conta também com contratações pontuais.

AD Brusque e Contagem Towers jogam a partir das 20h, na Arena, e o ingresso tem o valor de R$ 10.

Busca da melhor forma física
Com apenas uma semana e meia de trabalho, Bicudo precisou montar a equipe da melhor forma possível. O elenco treina todas as noites nos últimos horários, a partir das 21h. O entrosamento vem de longa data, já o vigor físico terá de ser encontrado durante a competição, como explica o treinador. “Foi pouco tempo para a preparação física, vamos ter que jogar no sacrifício nessas primeiras rodadas. Nós jogamos quatro partidas, duas nessa semana e mais duas na próxima, e depois disso temos uma folga de 12 dias que aproveitaremos para o preparo físico”, completa.

Apresentado em 2016, Bicudo teve a grande responsabilidade de substituir George Salles, técnico bastante vencedor com a camisa da AD Brusque e que deixou mais um título dos Jasc para a cidade na temporada antes de sua saída. Mostrando competência, o novo comandante foi vice-campeão da Supercopa Brasil e ainda trouxe de volta o título estadual para a cidade em uma final contra Blumenau em pleno Galegão.

Não faltam motivos para apostar na capacidade de Bicudo e seu elenco na noite de hoje. “Os atletas conseguiram assimilar bem o estilo de jogo, sempre procurando o melhor arremesso. A manutenção de grande parte do elenco vai nos permitir ter esse mesmo padrão e ajudar bastante”, diz.

A competição
Esta é apenas a quarta edição do campeonato que surgiu de maneira natural após o sucesso da NBB. A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) se viu obrigada a criar uma competição que gerasse o acesso à elite da modalidade. A competição tem um recorde de participações, com seis times: AD Brusque, Blumenau, Joinville, Contagem Towers (MG), Santos (AP) e Botafogo (RJ).

A competição já teve suas primeiras rodadas, com o duelo duplo de Santos e Botafogo no Amapá. O Fogão venceu as duas partidas, em duas viradas, e lidera a competição com 100% de aproveitamento. Somente o campeão da competição conquista vaga para a NBB.

Os times jogam todos entre si em rodadas duplas consecutivas, ou seja, em uma mesma semana a equipe joga contra o mesmo adversário duas vezes. Como há turno e returno, as equipes acabam jogando contra o mesmo adversário quatro vezes.

Na soma total de pontos, quem terminar a primeira fase como líder estará automaticamente na final, sem precisar participar dos playoffs semifinais. Essa fase será disputada entre dois times, o segundo e o terceiro colocado, que disputarão cinco partidas, sendo considerava vencedora quem obtiver três vitórias.


Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio