Conteúdo exclusivo para assinantes

Ainda sem presidente, Brusque aguarda novas eleições para janeiro

Clube é comandado interinamente por presidente do conselho, mas não há nomes ventilados para presidência

Ainda sem presidente, Brusque aguarda novas eleições para janeiro

Clube é comandado interinamente por presidente do conselho, mas não há nomes ventilados para presidência

A situação do comando administrativo do Brusque Futebol Clube começa 2018 assim como terminou 2017: sem definição alguma. Depois de uma eleição sem candidatos no dia 5 de dezembro, a diretoria que era comandada pelo presidente Danilo Rezini teve o fim de seu mandato no dia 15.

Durante todo este período, quem responde oficialmente como presidente do quadricolor é Celio Francisco de Camargo, presidente do conselho deliberativo. Seu maior objetivo nestas próximas semanas será encontrar um local para realizar a nova eleição, publicar o edital convidando para o pleito e esperar que haja um candidato interessado.

A ideia inicial é que na próxima terça-feira, dia 9, seja realizada a nova eleição. Caso novamente não haja candidatos, Camargo seguirá fazendo eleições regulares todo o mês na busca de interessados.

Sem nomes ventilados
Segundo Camargo, que se reúne nesta quarta-feira, 3, com Danilo Rezini, a possibilidade de que o ex-presidente volte atrás na decisão de não concorrer é pequena. Além disso, não há rumores de um novo nome.

“Chegamos a convidar diversas pessoas para assumir. Acontece que o clube tem muitas dívidas. Quem tem condições de assumir o clube, não tem interesse”.

Para o atual presidente do clube, o que afasta as candidaturas é justamente a questão orçamentária. “Somente com esse Catarinense, devemos gastar quase o orçamento previsto para todo o ano”, explica. Contudo, o trabalho das contratações, da equipe e do planejamento para o estadual seguem normalmente.

Ainda que extra-oficialmente, conforme explica Camargo, a antiga diretoria segue atuando nos bastidores do clube para que tudo ocorra bem no estadual. Carlos Beuting, André Rezini e até o próprio Danilo colaboram com a chegada dos novos atletas e os preparativos de mais uma temporada.

“Mas esse apoio tem um limite, que está chegando ao fim. Temos que dar um encaminhamento oficial para tudo, e espero que seja resolvido já na próxima eleição”, completa.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio