Assaltante preso no sábado, 20, se passava pelo irmão para escapar da cadeia

Jeceton Vieira dos Santos, 32 anos, só foi desmascarado ao chegar na UPA

Assaltante preso no sábado, 20, se passava pelo irmão para escapar da cadeia

Jeceton Vieira dos Santos, 32 anos, só foi desmascarado ao chegar na UPA

Um dos acusados de latrocínio, Jeceton Vieira dos Santos, 32 anos, foi desmascarado ao chegar na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque, na tarde de ontem. Ao ser preso na tarde de sábado, 20, ele se identificou como Márcio José dos Santos, 26 anos, irmão dele.

Quando foi levado para a UPA, um dos agentes prisionais reconheceu e disse que Márcio já estava preso na unidade. Pressionado, ele confessou ser Jeceton e em consulta ao sistema, foi constatado que ele estava foragido do Presídio de Blumenau após ganhar uma saída temporária de sete dias, no dia 3 de fevereiro e não retornar.

Além da tentativa de latrocínio, Jeceton deverá responder também por falsidade ideológica. O crime ocorreu quando o acusado, acompanhado de um adolescente de 15 anos, tentou assaltar uma estamparia na rodovia Ivo Silveira, nas proximidades da empresa Quimisa.

Segundo informações relatadas à Polícia Militar, a vítima pensou, inicialmente, que se tratava de uma brincadeira. Ao tentar fugir, o homem foi atingido no antebraço por disparos de uma espingarda calibre 36.

Policiais Militares que estavam próximos ao local saíram em perseguição aos suspeitos, que estavam em uma motocicleta. Eles foram pegos nas imediações de um shopping atacadista que fica na mesma rodovia, depois de caírem da moto.

A vítima, atingida de raspão, foi levada ao Hospital Azambuja para cuidados médicos. A arma do crime foi encontrada em uma matagal, nas proximidades. Na tarde de ontem o adolescente ainda permanecia na delegacia.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio