Assinada ordem de serviço para pavimentação da SC-486, que dá acesso às cavernas de Botuverá

Lançamento aconteceu em visita do governador Raimundo Colombo nesta terça-feira, 15 de outubro

Assinada ordem de serviço para pavimentação da SC-486, que dá acesso às cavernas de Botuverá

Lançamento aconteceu em visita do governador Raimundo Colombo nesta terça-feira, 15 de outubro

O governador Raimundo Colombo lançou na noite desta terça-feira, 15 de outubro, em Botuverá, a ordem de serviço para pavimentação da SC-486, via de acesso às cavernas existentes na cidade, um dos principais pontos turísticos da região. Serão investidos R$ 12,8 milhões na pavimentação de 12 quilômetros da via, com recursos do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). A obra é uma reivindicação antiga da comunidade e a cerimônia de lançamento da ordem de serviço, realizada na Paróquia São José, foi encerrada com uma queima de fogos.


“É uma alegria viver esse momento com a comunidade de Botuverá. O grande sonho de um administrador público é sempre poder iniciar obras que melhorem a vida das pessoas e promovam o desenvolvimento das cidades, como é o caso hoje”, destacou Colombo. 

O prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, considerou o lançamento da ordem de serviço um evento histórico. “Estamos realizando um antigo sonho, vai acabar a poeira, vai acabar a lama e a prefeitura vai ter condições de atender melhor as outras regiões da cidade”, destacou, agradecendo ao governador Colombo.

Além de acesso ao principal ponto turístico da cidade, a SC-486 é uma importante via para o escoamento da produção de calcário de Botuverá. A expectativa da prefeitura, que coordenará a execução dos trabalhos, é concluir a obra no prazo de oito meses.

Também participaram do evento em Botuverá, entre outras autoridades, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen; o secretário Regional de Brusque, Jones Bosio; deputados estaduais representantes da região e prefeitos do Médio Vale.

Barragem

O governador Colombo anunciou, ainda, que foi definida nesta terça-feira a empresa que vai elaborar o projeto para a construção da barragem de Botuverá, obra que vai diminuir o impacto das cheias no Rio Itajaí-Mirim. O projeto deverá ser concluído no primeiro trimestre de 2014 e as obras poderão começar a partir de abril, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal, que prevê investimentos de R$ 95 milhões.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio