Banco do Brasil e Caixa Econômica aderem à greve dos bancários em Brusque

Paralisação da categoria é por tempo indeterminado

Banco do Brasil e Caixa Econômica aderem à greve dos bancários em Brusque

Paralisação da categoria é por tempo indeterminado

Os bancários da região entraram em greve nesta terça-feira, 6, por tempo indeterminado. Apenas os estatais – Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal – haviam aderido à paralisação. Em Brusque, estão fechadas as agências da Caixa no Centro e no Santa Rita; e parcialmente a do Banco do Brasil, no Centro. Em Guabiruba também está fechada a agência do Banco do Brasil. [Veja todas as agências da região abaixo].

O Comando Nacional dos Bancários aprovou a paralisação na semana passada. Eles reivindicam aumento real nos salários, a instituição de um piso nacional, melhores condições de trabalho e mais vagas de emprego.

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Bancários de Brusque e Região (Seeb), Mário Dada avalia a adesão de forma positiva. Ele afirma que a paralisação maior deve acontecer a partir de amanhã. “Tendo em vista que amanhã é feriado, é uma boa adesão. Quinta-feira deverá ser outro quadro e adesão deverá ser maior”, diz o presidente, que completa: “Em São Paulo – matrizes e centros administrativos – já fecharam, e a consequência é que os bancos daqui não poderão responder, pois dependem do sistema de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba”.

Nesta quinta-feira, 8, o sindicato se reunirá novamente em assembleia para deliberar sobre novas paralisações.

Reivindicações
São muitas as reivindicações dos bancários. O presidente do Seeb explica que querem reajuste com a inflação dos últimos 12 meses de acordo com o INPC, que foi de 9,57%, mais um ganho real de 5%, somando 14,57%.

A categoria também reivindica, há anos, a criação de um piso nacional dos bancários. Hoje, o piso é regional e variável. O valor médio é de R$ 1,7 mil. Eles querem que seja adotado o salário indicado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) – que é de R$ 3,9 mil.

Dada ainda afirma que os bancários querem melhores condições de trabalho e mais profissionais para atender com mais qualidade. “Os bancos lucraram quase R$ 30 bilhões no primeiro semestre e fecharam quase 7 mil postos de trabalho”.

Proposta dos bancos
A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs reajuste de 6,5% sobre os salários, a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e os auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil. Os trabalhadores recusaram, sob o argumento de que o valor fica abaixo da inflação e representa perda.

Agências fechadas e parcialmente fechadas nesta terça-feira, 6

Caixa Econômica Federal

Brusque (Centro e Santa Rita) – fechada

São João Batista – fechada

Tijucas – fechada

Banco do Brasil

Brusque (Centro) – parcialmente

Guabiruba – fechada

Nova Trento – fechada

São João Batista – parcialmente

Tijucas – fechada

Em 2015

No ano passado, a greve começou no dia 6 de outubro e foi até dia 27. A adesão foi baixa, somente o Banco do Brasil e a Caixa Econômica tiveram o atendimento prejudicado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio