Barateiro é bicampeão da Libertadores

Equipe goleia Estudiantes (VEN) por 7 a 2 e fatura segundo título seguido

Barateiro é bicampeão da Libertadores

Equipe goleia Estudiantes (VEN) por 7 a 2 e fatura segundo título seguido

Duas participações e dois títulos. Não restam dúvidas: o Barateiro é o melhor time de futsal feminino da América do Sul. A confirmação veio na noite desta segunda-feira, 29, quando pelo segundo ano consecutivo o time brusquense consagrou-se campeão da Copa Libertadores de Futsal Feminino.
Novamente, as atletas facilitaram o jogo para si. Abriram um placar de 5 a 1 ainda no primeiro tempo, complementando com mais dois gols na etapa final. Placar final: 7 a 2, e a certeza de que na próxima edição os adversários terão que se preparar melhor se quiserem tirar a taça de Brusque.

Boa arrancada, susto e confirmação

O primeiro tempo começou avassalador para o Barateiro. Na pressão, o time logo abriu o placar com a melhor do mundo, Amandinha. Depois de um bom período sem gols, Jessika tratou de ampliar e deixar o caminho ainda melhor para o Barateiro.
Novamente Amandinha mostrou que não foi ao Chile somente a passeio. Ela marcou o terceiro gol e deixou o time com uma vantagem importante. Contudo, veio o susto e a aflição de uma possível reação adversária: as venezuelanas marcaram.
A calma foi o elemento utilizado pelo time de Brusque para construir um elástico placar ainda no primeiro tempo. Em chutaço de longa distância, Diana marcou o quarto. Pouco antes do fim, a capitã ainda fez mais um para praticamente colocar o caneco nas mãos do time.

Vitória administrada

Com quatro gols de vantagem, as atletas do Barateiro contiveram o ímpeto no segundo tempo. Tanto é que demoraram 14 minutos para que a bola voltasse a cruzar a linha das traves. E quando cruzou, era bola brusquense: Gol de Caty, que entrou na etapa final.
Não poderia faltar o gol de Valéria. A atleta que veio de Chapecó como o reforço do ano novamente vestiu a camisa do Barateiro e marcou o sétimo e último gol do Barateiro. O time ainda se deu ao luxo de sofrer um gol do Estudiantes a um minuto do fim, mas o grito de campeão já ecoava no Chile.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio