Brusque enfrenta o Figueirense para tentar afastar de vez o fantasma do rebaixamento

Partida está confirmada para esta quinta-feira, 8, às 19h, no Augusto Bauer

Brusque enfrenta o Figueirense para tentar afastar de vez o fantasma do rebaixamento

Partida está confirmada para esta quinta-feira, 8, às 19h, no Augusto Bauer

O Brusque tem uma pedreira pela frente nesta quinta-feira, 8, na 12ª rodada do Catarinense: o líder Figueirense. Em casa e embalado pela vitória de virada contra o Tubarão no Sul do estado, o quadricolor espera vencer para, finalmente, poder respirar aliviado com o rebaixamento praticamente descartado.

O caminho para conseguir os três pontos, ou até o empate, é complicado. O Figueirense não à toa é o líder isolado. Para tentar surpreender, o técnico Pingo deve mandar para o gramado uma equipe modificada.

Jean Dias e Carlos Alberto voltam ao time titular após cumprirem suspensão. O primeiro deve jogar no meio de campo, enquanto que o segundo foi testado por Pingo na lateral-esquerda.

Pingo ainda tem dúvidas quanto ao time titular. “Temos dúvidas do Ronaell, Douglas, Rafinha, Bidia e João Carlos. São vários jogadores, vamos ter que aguardar até o momento antes do jogo. Mas se não der para contar eles, temos jogadores capacitados para substituir as ausências”, diz o comandante.

Alguns garotos da base do Brusque participaram do treino desta quarta-feira. No time titular, a ligação entre meio de campo e ataque teve nova formação: Jean Dias ao lado de Adãozinho e Safira. Já no ataque o recém-chegado Hélio Paraíba deve fazer dupla com Wilson Junior.

Paraíba jogou na última rodada e marcou o gol do empate que pavimentou a vitória sobre o Tubarão. A julgar pelo treino na véspera do confronto, deve receber a oportunidade para começar jogando.

Tabela
O Brusque está com quatro pontos de vantagem sobre o Hercílio Luz, o primeiro da zona de rebaixamento. A distância é boa, mas longe de ser segura. Uma vitória praticamente salvaria de uma vez por todas o quadricolor do fantasma da Série B em 2019.

Até mesmo um empate pode ser interessante para o Brusque, dependendo dos resultados após o fechamento da rodada. Em caso de derrota e vitória dos adversários, o cenário volta a ser tenso pelos lados do CT Rolf Erbe. A 12ª rodada pode determinar, tardiamente, qual será o foco do Quadricolor do Vale no Catarinense.

Líder invicto
O Figueirense chega embalado para enfrentar o Bruscão. O alvinegro ainda não sabe o que é perder no Catarinense de 2018. São sete vitórias e quatro empates, o que lhe dá a liderança isolada com um ponto a mais do que a Chapecoense.

“O Figueirense vem mudando os seus jogadores constantemente. A cada partida, são cinco ou seis mudanças. Tem um elenco grande e não tem um time titular, então qualquer equipe que vier aqui será muito forte. É a melhor equipe do campeonato”, avalia do técnico do Brusque.

O que pode pesar a favor do quadricolor é que no domingo tem o clássico Figueira e Avaí. As atenções do alvinegro já estão, pelo menos em parte, voltadas para o confronto.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio