Brusque resiste, mas perde nos pênaltis contra o Corinthians

Equipe lutou bravamente e teve chances de vencer o jogo, mas foi eliminada nas cobranças alternadas

Brusque resiste, mas perde nos pênaltis contra o Corinthians

Equipe lutou bravamente e teve chances de vencer o jogo, mas foi eliminada nas cobranças alternadas

O Brusque perdeu para o Corinthians nos pênaltis na noite desta quarta-feira, 1º de março, no estádio Augusto Bauer, em histórica partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil.

Assista reportagem em vídeo

Agora, o Corinthians irá enfrentar o Luverdense, que despachou o Avaí, em Florianópolis. Nas cobranças de pênalti, a equipe brusquense foi derrotada por 5 a 4, já nas cobranças alternadas.

Primeiro tempo sem gols

O jogo começou de forma bastante estudada, com os times marcando forte no meio do campo, e sem grandes chances de gol. O Brusque conseguiu controlar a partida e, durante um bom tempo, ditou o ritmo do jogo.

As chances de gol começaram a aparecer aos 19 minutos, quando Maycon chutou de fora, obrigando o goleiro Rodolpho a fazer boa defesa.

Mas o goleiro Cássio também trabalhou. Aos 25, Ricardo Lobo chutou de fora da área e exigiu que o goleiro corintiano colocasse a bola para escanteio.

A melhor chance para o Brusque foi aos 45 do segundo tempo. Novamente Ricardo Lobo chegou perto da área corintiana, mas foi derrubado quando ia finalizar.

Na cobrança de falta, Eliomar chutou a bola muito baixa e a oportunidade de gol ficou na barreira, momento em que o árbitro Péricles Bassols encerrou a primeira etapa, aos 48 minutos.

Volta do intervalo

O segundo tempo foi muito parecido com o primeiro, com o Brusque conseguindo controlar o jogo, e chances de gol para ambos os lados.

Na segunda etapa, Pingo fez apenas uma alteração na equipe. Tirou Boquita do meio de campo e colocou o lateral esquerdo William, retornando à formação que vinha sendo mais utilizada, com Carlos Alberto no meio campo.

Ambos os times tiveram chances, mas o placar não saiu do zero.

Penalidades

O Brusque começou bem as penalidades, acertando as quatro primeiras cobranças, enquanto os visitantes erraram uma, com Jadson.

O lateral direito João Carlos tinha a cobrança decisiva, mas chutou no travessão, colocando o Corinthians novamente no jogo.

Nas cobranças alternadas, Carlos Alberto Chutou para fora, e o paraguaio Romero finalizou, dando a vitória aos paulistas.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio