Brusque inicia processos de renovação de contratos visando 2020

Diretoria quer manter espinha dorsal do time; maior parte do elenco teve vínculo expirado ao fim da Copa SC

Brusque inicia processos de renovação de contratos visando 2020

Diretoria quer manter espinha dorsal do time; maior parte do elenco teve vínculo expirado ao fim da Copa SC

João Vítor Roberge‏

Ao fim de uma temporada com 54 partidas e dois títulos, o Brusque começa a pensar na formação do elenco para 2020, ano que começará com Recopa, Campeonato Catarinense e Copa do Brasil, e terminará com Série C e, provavelmente, Copa Santa Catarina. A diretoria do clube trabalha com as renovações de contratos e dispensas, e o torcedor fica na expectativa da renovação de nomes já marcados na história do clube, como Thiago Alagoano e Moisés.

O diretor de futebol do clube, André Rezini, afirma que o clube deverá fazer um anúncio ainda nesta semana de um pacote de renovações, não-renovações e dispensas. Portanto, evitou adiantar quais os próximos passos do clube em relação ao elenco, mas revelou casos pontuais.

“Nós queremos manter boa parte do elenco, queremos manter a espinha dorsal do time”, destaca, lembrando das dificuldades da negociação para que o atacante Moisés permaneça na equipe. O artilheiro da Copa SC e da Série B do Catarinense tem vínculo contratual com o Concórdia.

A diretoria tem interesse em renovar com o atacante Fio e com o meio-campista Gama, ambos emprestados, por Tubarão e Cabofriense (RJ), respectivamente. Seus contratos deverão expirar entre dezembro e janeiro, e o Brusque teria caminho aberto para assinar contratos definitivos. O lateral-direito Gustavo Henrique, que fez sete jogos nesta Copa SC, também está na mira para renovação. Ele é emprestado pelo Velo Clube (SP).

Jersinho Testoni e sua comissão técnica devem ser mantidos, com poucos detalhes de valores para acertar.

Saídas

Há também baixas. Desde o início de novembro, o meia Romarinho está acertado com o América-RN, do técnico Waguinho Dias. O jogador de 25 anos estava emprestado ao Brusque pelo Tubarão, e com o contrato chegando ao fim, o técnico campeão da Série D, hoje no clube potiguar, indicou o atleta.

Romarinho disputou 14 jogos com a camisa do Brusque em 2019, sendo um dos principais personagens na conquista do título nacional, mesmo não marcando gols. Levou três cartões amarelos e um vermelho.

Além de Romarinho, Bambam também deixa o Brusque. O Central (PE) anunciou o atacante como novo reforço nesta segunda-feira, 25.

Rezini também fala da possibilidade de dispensa de jogadores cujos contratos terminam no decorrer de 2020, mas que não renderam o esperado em 2019. O dirigente não citou nomes, mas levando em conta que a maioria dos jogadores teve seus contratos expirados ao fim da Copa SC, os centroavantes Vinícius e Vicente, além do ponta Baianinho, podem não continuar no time em 2020.

Vinícius tem contrato até maio, Vicente até junho, e Baianinho até 2021. Recentemente, o lateral e volante Rodney, que atuou na Série D e na Copa SC, teve rescindido seu contrato que era vigente até abril.

Os outros jogadores com contratos mais longos foram titulares ou reservas importantes ao longo do ano e na Copa SC: Zé Carlos (maio/2020), Everton Alemão (agosto/2020), Ianson (maio/2021), Cleyton (maio/2020), Aírton (maio/2020) e Zé Mateus (dezembro/2020).

Retorno

O lateral-direito Edílson deve retornar ao Brusque, após passagem por empréstimo pela Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro. Com contrato até novembro de 2022, ele não tem negociações em andamento, segundo André Rezini, e deverá integrar o elenco quadricolor em 2020.

Edílson disputou 32 partidas pelo Brusque em 2019: 16 pelo Catarinense, 15 pela Série D e a Recopa contra o Figueirense. Levou 11 cartões amarelos no ano. Pela Ponte Preta, jogou em sete rodadas, sendo titular nas últimas cinco.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo