Brusque vence mais uma e chega a quarta vitória na Divisão Especial

Alexandre Carvalho e Eydison garantiram o triunfo do Bruscão, que superou o Concórdia por 2 a 1 em Xanxerê

Brusque vence mais uma e chega a quarta vitória na Divisão Especial

Alexandre Carvalho e Eydison garantiram o triunfo do Bruscão, que superou o Concórdia por 2 a 1 em Xanxerê

O Brusque venceu o Concórdia neste sábado, 8, e chegou a quarta vitória consecutiva na Divisão Especial. Alexandre Carvalho e Eydison marcaram para o Marreco. Felipe Ribeiro anotou para equipe do Oeste. Todos os gols ainda no primeiro tempo.
Com o resultado, o Brusque chega a 12 pontos na competição, empatado com o Porto, que venceu o Biguaçu/Canoinhas por 2 a 0 em União da Vitória, no Paraná. O Marreco fica em segundo no critério do saldo de gols. Tem sete, contra oito do rival.
O jogo
Com um começo de jogo envolvente, o Brusque não teve dificuldades para imprimir seu ritmo no início da partida. O Marreco controlava bem a bola e chegava com facilidade ao gol adversário. A superioridade  foi transformada em vantagem logo aos dez minutos, quando Alexandre Carvalho subiu de cabeça e abriu o placar.
Sem diminuir o ritmo, o segundo gol do Marreco saiu ao natural. Em contra-ataque rápido, Eydison recebeu de Saraiva e ampliou aos 22. O Concórdia diminuiu dois minutos depois. Em uma das primeiras chegadas do time do Oeste, Rodolpho falhou após cruzamento e Felipe Ribeiro tocou para as redes.

Brusque sente o gol
Após o gol adversário, o cenário da partida mudou. O Brusque se retraiu e o Concórdia foi para cima. O time adversário saia para o tudo ou nada, mas a equipe de Rogério Perrô não conseguia aproveitar os espaços.
As principais investidas do Brusque eram nas bolas paradas com Serginho, enquanto o  Concórdia fazia lançamentos na área, mas chegava sem qualidade ao ataque. As chances mais perigosas ocorriam em falhas defensivas da zaga do Brusque, mas o time do Oeste pouco incomodou o goleiro Rodolpho até o fim da etapa inicial.

Marreco segura vantagem
Os dois times voltaram para o segundo tempo com a mesma formação. Ao perceber a queda de rendimento do time após sofrer o gol, Rogério Perrô pediu para que os jogadores procurassem manter o controle da bola para impedir o crescimento do adversário.
“Construímos o placar e tivemos outras situações de jogo, mas infelizmente numa falha individual tomamos gol de bola parada. Agora temos que ter mais posse de bola. Depois que tomamos gol só marcamos. Temos que girar e ter o controle desta bola”, afirmou.
Mesmo com a orientação do treinador, o desenho do jogo seguiu os dos 20 minutos finais da primeira etapa. O Concórdia atacando mais, e o Brusque sem conseguir acertar o último passe para matar a partida no contra-ataque.
A primeira chegada com perigo da etapa final foi do Concórdia. Barone bateu falta, Rodolpho rebateu no susto e na sobra a zaga afastou antes que Felipe Ribeiro chegasse para completar.
O Brusque respondeu dois minutos após o lance. Em jogada ensaiada, Serginho cruzou para Saraiva, que acionou Eydison, mas a zaga salvou antes que o atacante chegasse na bola.
Depois do início forte, o Concórdia diminuiu o ritmo, enquanto o Brusque se limitava a garantir o resultado.  O time do Oeste voltou a pressionar nos cinco minutos finais da partida, mas não conseguiu diminuir o placar.
A principal oportunidade foi aos 42 minutos. Felipe Ribeiro concluiu na cara de Rodolpho, mas o goleiro defendeu e garantiu mais uma vitória para o Marreco.
A próxima partida do Brusque na Divisão Especial será no próximo domingo, 16 de junho. O Marreco recebe o Marcílio Dias, às 16h, no estádio Augusto Bauer.
Ficha Técnica
Concórdia 1×2 Brusque
Estádio: Josué Annoni, em Xanxerê
Hora: 16h 
Concórdia: Chitão; Cássio Lopes, Éverton, Vitor Hugo e Baroni; Zanata, Jéferson, Ibson (Miguel) e Felipe Garopaba (Diego); Felipe Ribeiro e Dinei. Técnico: Suca
Brusque: Rodolpho; Saraiva (João Paulo), Alexandre Carvalho, Neguette e Santos; Fabinho, Eurico, Luiz André e Serginho; Thiago Ferreira (Roberto Jacaré) e Eydison (Flavinho). Técnico: Rogério Perrô
Arbitragem: Vanderlei José Ebert
Assistentes: Clóvis Gugel e Ismael Rodrigo Moura
Cartões amarelos: Éverton e Baroni (C); Rodolpho e Luiz André (B)
Gols: Alexandre Carvalho, aos 10, e Eydison, aos 22 minutos do primeiro tempo para o Brusque; Felipe Ribeiro, aos 25, para o Concórdia.
Acompanhe a reportagem completa sobre a vitória do Bruscão e os demais jogos da Divisão Especial na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 10 de junho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio