Candidato Chico Souza (PV) é suspeito de crime eleitoral

Van com cestas básicas que seriam do candidato foi abordada pela polícia na Rua do Cedro

Candidato Chico Souza (PV) é suspeito de crime eleitoral

Van com cestas básicas que seriam do candidato foi abordada pela polícia na Rua do Cedro

No início da noite desta quinta-feira, 4 de outubro, a Polícia Militar localizou na rua do Cedro uma van com cestas básicas que estariam sendo entregues para eleitores. De acordo com o delegado de Polícia Civil, Ismael Gustavo Jacobus, o suspeito pelo crime é o candidato a vereador Chico Souza (PV). Foram apreendidas 22 cestas básicas com genêros alimentícios. 

Jacobus informou que a van foi localizada depois que membros da coligação adversária fizeram uma denúncia à Polícia Militar. 

– O pessoal da outra coligação ficou acompanhando. Recebeu denúncias anônimas de que várias cestas sairiam do Archer da Figueira, aí fizeram uma campana e seguiram essa van. Eles presenciaram o descarregamento de várias cestas numa casa, que seria um outro centro de distribuição, provavelmente, e depois acionaram a PM, que abordou a van na via pública, quando se preparava para fazer outra entrega – relatou o delegado. 

Depois da apreensão, o delegado revelou que um rapaz se apresentou na delegacia, acompanhado por um integrante da coligação que seguiu a van, informando que acabara de receber cestas básicas. 

O delegado informou que o fato não foi considerado flagrante e revelou que o motorista da van foi interrogado e que a princípio não deve ser processado, pois a participação dele ainda será investigado. Com relação aos próximso procedimentos, Jacobus ressaltou que não pode instaurar Inquérito Policial neste caso, pois depende da requisição do juiz eleitoral. 

– Estou encaminhando os produtos e um ofício com vários depoimentos e documentos para o juízo eleitoral. Provavelmente ele vai me devolver nos próximos dias com requisição dele ou do Ministério Público Eleitoral, para que eu instaure o Inquérito e termine a apuração dos fatos, mas isso só deve acontecer depois das eleições – relatou. 


Segundo o delegado, além das implicações penais, o suspeito, se comprovada a autoria do crime, pode sofrer sanções cíveis, administrativas e eleitorais, que podem causar a impugnação da candidatura da ou impedir que o candidato tome posse de seu cargo caso seja eleito.   

Durante esta tarde, agentes da Polícia Civil levaram os mantimentos para o Cartório Eleitoral e as cestas básicas vão permanecer no local até que novas providências sejam tomadas.  
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio