Chuvas provocam deslizamentos e alagamentos em Brusque

Segundo a Defesa Civil, choveu mais de 100 milímetros na madrugada de quinta-feira, 2 em alguns pontos do município

Chuvas provocam deslizamentos e alagamentos em Brusque

Segundo a Defesa Civil, choveu mais de 100 milímetros na madrugada de quinta-feira, 2 em alguns pontos do município

As fortes chuvas que caíram em Brusque na madrugada desta quinta-feira, 2, provocaram transtornos aos moradores de diversos bairros: eles foram atingidos por alagamentos e deslizamento de encostas. O Corpo de Bombeiros Militar informa que, no início da madrugada, foram registrados casos em pelo menos três bairros do município, número que se expandiu com a continuidade da chuva.

Ainda segundo os bombeiros, pelo menos nove deslizamentos ocorreram na cidade durante a madrugada. Os bairros mais atingidos foram Azambuja; Poço Fundo e 1º de Maio. Também houve registros na Rua Itajaí, e nos bairros Santa Terezinha, Nova Brasília, Bairro Águas Claras, Poço Fundo, Cedrinho, Paquetá, Dom Joaquim. 

Entre os maiores prejuízos provocados por deslizamentos, uma casa teve dois quartos destruídos no bairro Azambuja. Outas cinco residências vizinhas estão em risco. No entanto, ninguém ficou ferido.

Os principais pontos de alagamentos foram registrados na rua Itajaí; no bairro Nova Brasília; na ligação entre os bairros Águas Claras e Paquetá;e no bairro Poço Fundo

A Defesa Civil de Brusque ainda avalia os estragos causados pela chuva. No 199, o órgão recebeu 13 chamados para atender ocorrências: três no bairro Azambuja, uma na Avenina Primeiro de Maio, uma no Paquetá, cinco no Poço Fundo, duas no Souza Cruz, uma em Dom Joaquim. Destas, sete foram por deslizamento, três por queda de muro, uma por abertura de cratera, uma por solapamento de margem de ribeirão e uma por alagamento. 

Os moradores de locais que apresentam riscos de deslizamento estão sendo orientados a se retirar das residências e ir para locais seguros.

O órgão repassou informações sobre o acumulado de chuvas nas últimas 25 horas. Segundo o relatório, a rua Nova Trento foi a mais atingida: no local choveu 116 milímetros. Outros locais também foram afetados: Dom Joaquim (88mm); Guarani (91,4mm), Limeira Alta (83,4mm); Zantão (70mm)
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio