Conteúdo exclusivo para assinantes
Pe. Adilson José Colombi

Professor e doutor em Filosofia - padreadilson@omunicipio.com.br

Com união todos lucram

Pe. Adilson José Colombi

Professor e doutor em Filosofia - padreadilson@omunicipio.com.br

Com união todos lucram

Pe. Adilson José Colombi

O título acima pode ser testado, na prática. Tal teste pode acontecer em uma família, num grupo, em uma comunidade. Foi isto que aconteceu na Comunidade Católica do Bairro da Cerâmica Reis. Embora, segundo o plano urbano da cidade de Brusque, esse bairro faça parte do Bairro do Steffen. Os moradores daquela região já se habituaram a designar a localidade como Bairro da Cerâmica Reis. O nome vem de uma antiga olaria que pertencia à família Reis. Daí, a designação atual. Hoje, são aproximadamente, umas 600 famílias. Boa parte delas é oriunda de outras regiões do Estado de Santa Catarina e de também de outros Estados da Federação. Ali, também, nos últimos seis anos foi fundada e começou a se constituir uma comunidade católica. Os pioneiros escolheram um nome para ela. E o nome de uma comunidade cristã católica, segundo a tradição, vem do Padroeiro (a) que for escolhido. Este padroeiro (a) serve como ponto de referência para a própria vida da Comunidade de Fé. Foi escolhido: São Francisco de Assis.

Uma família sem uma casa tem dificuldade de viver, de fato, uma vida familiar em plenitude. Por isso toda família, com razão, aspira por uma casa. Bem, a comunidade cristã é uma porção de uma grande família: a Família de Deus ou Povo de Deus. Institucionalmente, podemos falar em Igreja, onde, como o próprio Cristo disse, “ele (Cristo) é o tronco e nós os ramos” ou, segundo a visão de São Paulo, “somos o Corpo Místico de Cristo, onde Cristo é a cabeça e nós os membros”. Por isso, a comunidade incipiente começou a pensar em uma casa para as celebrações. Conseguiram um local, não próprio, mas cedido para essas celebrações. A comunidade é grata por isso. Mas, queria seu próprio ambiente para a escuta da Palavra de Deus e as celebrações dos Sacramentos, principalmente, a Eucaristia, centro e fundamento de toda a vida comunitária de quem quer seguir o Mestre Jesus.

Toda comunidade católica tem um Conselho Pastoral que tem como função ou missão fundamental ser coordenador de toda a vida comunitária. Desde a parte econômico-financeira até a vida pastoral, culminando com as celebrações litúrgicas. Este Conselho em sintonia com a comunidade começou a arregaçar as mangas para angariar meios para a realização do grande anseio da Comunidade São Francisco de Assis. Aí, começou, de fato, a experiência da união para conseguir esse intento. Claro que onde há seres humanos, também acontecem falhas. Mas, sem sombra de dúvidas, a união foi sempre vencedora, de maneira, que pouco a pouco aquilo que era uma “ideia” começou a tomar ares de realidade. Também pelo auxílio das outras onze Comunidades que fazem parte da Paróquia São Luis Gonzaga. Para isso acontecer, muitas reuniões, muitas festas, muitos cafés comunitários, muitas doações, muitos mutirões, muitos…

Mas, não só a Comunidade Católica saiu beneficiada com toda essa união de forças e de trabalhos. Mas, todo o Bairro da Cerâmica Reis. Sim, toda a população do Bairro. Graças à união da Comunidade Católica, hoje, o Bairro conta com mais uma rua asfaltada, que não favorece a vida só dos católicos. Também, graças à atuação da Comunidade foi transferida a canalização da água pluvial que passava por baixo da Associação dos Servidores Municipais, de várias casas, inclusive, causando transtornos para essas famílias, quase toda vez que chovia. Muita gente teve seu terreno melhorado e livre de possíveis incômodos, por causa das chuvas.

Dia 08 de outubro, a Comunidade São Francisco de Assis da Cerâmica Reis vai celebrar sua primeira missa, no local que lhe pertence, a igreja construída a partir da união de todos: a Igreja de São Francisco de Assis. Sem dúvida, será um marco para o Bairro. Mas, uma das grandes alegrias, além de ver sua igreja quase pronta, é saber e ver que a sua união trouxe benefícios até para quem não faz parte dela. Com união todos lucram.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio