Corinthians derrota Palmeiras e se isola na liderança do Brasileirão

Timão venceu Verdão por 3 a 2 e agora está a seis pontos do Santos

Corinthians derrota Palmeiras e se isola na liderança do Brasileirão

Timão venceu Verdão por 3 a 2 e agora está a seis pontos do Santos

Depois de uma fase ruim, foi justamente em um clássico contra o principal rival que o Corinthians voltou a jogar bem no Campeonato Brasileiro. O time venceu o Palmeiras por 3 a 2 e agora está com seis pontos de distância do Santos, o segundo colocado na tabela, se aproximando demais da conquista do título. A partida foi realizada na Arena Corinthians na tarde deste domingo, 5.

Começo de tirar o fôlego
Nada como um dérbi para empolgar os amantes do futebol. Logo nos primeiros 45 minutos de jogo, as duas equipes mostraram porque lutam pelo título. Foram quatro gols marcados na primeira etapa, todos presenciados por um excelente número de torcedores na Arena Corinthians.

O primeiro gol, como não poderia deixar de ser dentro de um dos clássicos com mais rivalidade no país, foi recheado de polêmica. Melhor na partida, o Corinthians abriu o placar: Arana tocou para Rodriguinho, que bateu cruzado. Romero apareceu na direita, em posição irregular, para tocar para as redes.

Apenas dois minutos depois, mais uma vez o Corinthians balançava as redes. Novamente em uma blitz sem fim, Balbuena aproveitou bate e rebate após cobrança de escanteio para deixar sua marca. O Palmeiras conseguiu descontar também no escanteio, com Mina aproveitando a cobrança de Dudu.

Mas os primeiros 45 minutos foram melhores para o Timão mesmo. Aos 36, Jô foi derrubado na área por Edu Dracena e o pênalti foi marcado. O atacante cobrou e fez, deixando o Corinthians numa boa e alcançando a artilharia do campeonato, dividida com Henrique Dourado, com 16 gols.

Pressão alviverde, triunfo alvinegro
Nem toda a pressão do Palmeiras pela vitória fez com que o time acumulasse pontos na Arena. Muito aplicado na defesa, o Corinthians só permitiu que mais uma bola do Verdão atravessasse a meta, o que foi insuficiente para evitar a derrota dos visitantes.

Aos 22 minutos, Moisés encontrou o caminho do segundo gol alviverde. Pela terceira vez após cobrança de escanteio, a zaga corintiana afastou mal e, na sobra, o atleta bateu cruzado, marcando um golaço no ângulo de Cássio. Mas foi só.

Aí o Palmeiras fez morada na área corintiana. Escanteios, faltas, cruzamentos e muita bola pingou na zona de perigo para a defesa local. Mas, lance após lance, o Corinthians foi rechaçando o perigo e confirmando a glória. Até que o apito final foi dado, consagrando a vitória do Timão, que dá um grande passo rumo ao título nacional.

Grêmio 3×1 Flamengo
O tricolor gaúcho voltou à terceira colocação com uma vitória diante do Flamengo. Com a derrota, o rubro-negro perdeu a chance de ultrapassar o Botafogo. Foi o time carioca que começou vencendo, com gol de Éverton Ribeiro no início do segundo tempo. Mas Everton, do Grêmio, colocou seu time na frente com dois gols em apenas dois minutos. Luan colocou a cereja no bolo aos 36 minutos. A partida foi na Arena do Grêmio.

Cruzeiro 1×0 Atlético-PR
Campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro também vislumbra ficar entre os cinco primeiros colocados do Brasileirão, mesmo com vaga na Libertadores já assegurada justamente pela conquista do título nacional. Arrascaeta marcou o único gol da partida, com categoria, limpando a marcação e batendo para as redes. Com o resultado, o Atlético-PR despencou na tabela.

Série B

Inter fica no empate, mas mantém liderança
O Internacional perdeu grande oportunidade de disparar na liderança da segundona e ficar ainda mais próximo de confirmar presença na Série A do Brasileiro em 2018. A equipe ficou no empate sem gols contra o CRB (AL), em casa.

No sábado, o Figueirense venceu o Brasil de Pelotas e subiu duas posições, e agora está cinco posições acima do Z-4.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio